Arquivo para vidro

Organismos de Vidro, as Incríveis Esculturas de Mika Aoki

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/05/2012 by Bronx1985

Natural de Hokkaido, extremo norte do Japão, a artista plástica e escultora Mika Aoki é considerada quase que por unanimidade dentro do senso crítico artístico como uma das mais talentosas e criativas artistas em atuação no mundo quanto o assunto é o manuseio, manipulação e moldagem de vidro, material este tão interessante por trazer ao mesmo tempo características tão conflitantes entre si como a fragilidade e solidez, isto segundo palavras da própria artista.

Através de uma técnica tão complexa quanto única de super aquecimento dos compostos básicos a formarem o vidro, chega-se a uma substância transparente líquida, daí Mika Aoki vai aos poucos resfriando este “projeto de vidro” que, de modo sincero e sereno, agora é moldado à forma artística desejada em questão, passando do líquido para o sólido em belíssimas e únicas esculturas ornamentais.

Com exposições recorrentes por todos os cantos do planeta, difícil é não se sensibilizar com a arte final alcançada pela japonesa, arte esta que impressiona pelos incríveis detalhes alcançados e também pelos locais inusitados onde a artista escolhe para contexto de exposição das suas esculturas, como latarias de carros velhos e demais ligares/objetos tão inusitados quanto as próprias esculturas finais por si próprias.

Portfólio: sing-g.net

Portfólio: sing-g.net

Experimentação, Desejo e Vanguarda, a Inusitada Arte com Vidros de Zane Lewis

Posted in ESCULTURAS, PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 31/08/2011 by Bronx1985

Um interessante mix de escultura e pintura, repletas de cores e imagens, de essência neoconceitual e intenções transitórias entre o óbvio e surrealista, assim é a inusitada arte, intitulada originalmente por Mirror Study, do jovem artista plástico norte americano Zane Lewis.

Explorando temas como o desejo, o corte e recorte de tela, e a profusão de objetios e pessoas refletidas, Lewis cria estruturas feitas de vidro colorido e espelhos, que ele considera pinturas, onde o conteúdo destas pinturas muda dependendo da posição em que o espectador assume ao contemplar os objetos artísticos. A intenção é transpor os limites das imagens associando a duas dimensões o trabalho.

Com apenas 23 anos de idade, Zane Lewis foi o mais jovem artista a ser convidado para expor seus trabalho no Museum of Contemporary Art, em Georgia, EUA, visto que o vanguardismo conceitual e representatividade de sua arte tem atraído a atenção cada vez mais da crítica especializada, tanto que o renomado Whitney Museum of American Art, EUA, também já lista o rapaz dentre seus expositores.

Portfólio: vomitrainbow.com

Portfólio: vomitrainbow.com

Graham Caldwell: Entre o Delicado e o Resistente

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/05/2011 by Adriana Almeida

 Esculturas são um caso a parte nas artes: por serem 3D,  por mais surreais ou fantasiosas que sejam, estão conectadas com o real e são a imaginação moldada e manipulada de forma palpável. Por isso, a escolha dos materiais usados parece ser ainda mais relevante que em outras manifestações artísticas, pois a sensação da obra está intimamente ligada a sua matéria prima.

Graham Caldwell é um escultor americano que trabalha com o que há de mais delicado e o mais resistente: vidro e aço. O resultado é intrincado, complexo e prende a nossa atenção. Destaque para suas peças com vidro espelhado, onde o reflexo se torna parte da matéria prima e dos significados que a peça evoca.

Portfólio: grahamcaldwell.com

Portfólio: grahamcaldwell.com

A Vida, Morte e Renovação nas Esculturas de Christina Bothwell

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/11/2010 by Bronx1985

Fascinada pelo que assegura-se por debaixo das superfícies, interessada em capturar as qualidades do “não visto” e detentora de uma criatividade tão ímpar quanto bizarra, por assim dizer. Esta é Christina Bothwell, escultora norte americana detentora de diversos prêmios em Arte e com exposições nos mais consagrados espaços destinados à arte contemporânea.

Suas esculturas remetem da forma mais peculiar e intrínseca as questões envoltas da morte, vida e renovação dos seres vivos, tudo em interessante harmonia com a proposta da escultora em associar tais eventos a uma proposta tão estranha quanto bem humorada, se encararmos com olhares mais dispostos as suas obras como um todo.

Através do uso inteligente dos mais diferentes tipos de matérias primas, como madeira, resinas diversas e tintas de pintura, por exemplo, Bothwell cria esculturas tridimensionais que se destacam pelos detalhes e representações tão únicas quanto curiosas, estas que despertam nos observadores sentimentos como a estranheza, curiosidade e, obviamente, admiração e sentido de reflexão sobre a vida.

Portfólio: christinabothwell.com

Veja também: As Simbólicas Esculturas de Christina Bothwell

Portfólio: christinabothwell.com