Arquivo para trabalhos

Alma à Mostra: A Obra de Michael Shapcott

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/09/2010 by Adriana Almeida

Nascido em Connecticut, Estados Unidos, o pintor Michael Shapcot consegue o feito de produzir peças que, embora não possam ser classificadas como realistas, causam essa sensação devido a intensidade das emoções que consegue retratar. Em seus trabalhos, a alma se revela e nos emociona.

Seu objeto preferencial é a questão cultural e o imaginário, tendo os índios nativos norte-americanos sido uma fonte constante de inspiração. Apesar de possuir lindas peças na forma de desenhos simples, Michael se tornou conhecido por ser extremamente ousado nas cores que se utiliza, em uma paleta tão variada quanto as emoções que retrata. Sua técnica também é motivo de destaque: Michael faz seus desenhos com grafite e por cima desse trabalho é que ele aplica a tinta, tanto à óleo quanto acrílica.

Portfólio: michael-shapcott.commichaelshapcott.deviantart.com

Portfólio: michael-shapcott.commichaelshapcott.deviantart.com

Livros - Submarino.com.br

Desenhando em Metal: as Instalações de Frank Plant

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/07/2010 by Adriana Almeida

Frank Plant é um americano que vive em Barcelona. Estudou escultura na Universidade de Artes, na Filadélfia e também estudou um ano no “Studio Art Centers International” em Florença, Itália. Trabalhou por um tempo fazendo cenografia teatro e dança, sem deixar de lado seu trabalho como escultor. Por volta de 1993, ele começou a desenvolver seus desenhos em aço: uma técnica inovadora que Frank passou a dominar. Em 1999 mudou-se para Barcelona, onde vive no momento. Seu trabalho pode ser encontrado em coleções públicas e privadas em toda a Europa e América do Norte.

Usando aço soldado e compondo com objetos do cotidiano, Frank monta peças extremamente objetivas e claras, onde delineia formas tridimensionais que são verdadeiras análises sociológicas, mas de uma forma descompromissada e nada pedante. Em seus trabalhos mais recentes, há também o uso de fotografia e pintura, pedaços de madeira, fontes de luz, motores, sensores, e mesmo a produção de som e música como parte integrante de suas esculturas, montando peças cada vez mais interativas.

Suas instalações são provocativas, engajadas, contemporâneas. Mais do que contar uma história, marcam uma posição. Dizem algo de quem a fez, da época em que foram feitas e de quem possui a peça, numa espécie de cartão de visitas artístico que faz uma declaração sócio-política e diz ao mundo a que veio. Compondo peças por vezes peças divertidas e engraçadas, em outras vezes, complexas críticas sociais, Frank é literalmente um artista de seu tempo que ousa brincar com a modernidade.

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br