Arquivo para teto

Os Grafites Anamórficos em Multiperspectivas de TSF Crew

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 03/11/2011 by Bronx1985

O grafite sempre foi considerado uma importante ferramenta de comunicação visual nos grandes centros metropolitanos, contemporânea forma de expressão artística que é, o grafite possui em sua essência inúmeras técnicas de execução e composição de traços, desde as mais simples a técnicas mais complexas.

Destro deste contexto, os grafiteiros franceses do TSF Crew propõem uma vertente em grafite tão incrível quanto única, a pintura anamórfica em multiperpectivas, que consiste basicamente na técnica de se grafitar um cômodo de modo que suas paredes, chão e teto representem em perfeita harmonia um só relevo plano.

Dado o grau e perfeição em que a técnica em questão é apresentada, chega a parecer fácil sua reprodução, porém destaco aqui como um das mais difíceis composições de serem feitas, visto que o TSF Crew é tido como um dos mais influentes e talentosos grupos de grafiteiros da Europa.

Seguem fotos e vídeos que comprovam o quão bom os caras são!

Portfólio: tsfcrew.com

Portfólio: tsfcrew.com

O projeto “Mundo Paralelo” de Ji Lee

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/05/2010 by Bronx1985

“(…) As pessoas não olham para o teto mais. É um espaço morto. Então, eu queria trazer uma nova perspectiva e até mesmo função para este espaço. Eu gosto da idéia de que de alguma forma há um mundo paralelo que coexiste com o nosso.” É neste contexto, dadas as palavras acima do artista plástico sul coreano Ji Lee, que se insere seu projeto “Parallel World”, que traduzido para o português apresenta-se por Mundo Paralelo.

 Através de muita criatividade e uma técnica não muito complexa de colagem de objetos em miniatura em tetos de interiores diversos, Lee, que veio morar no Brasil (São Paulo) quando tinha 10 anos de idade e mais tarde mudou-se para Nova Yorke, vai dando uma nova cara e função para o tão óbvio teto de nossas casas,ambientes de trabalho e outros lugares quaisquer, de modo a permitirem nos encarar a realidade com olhos já não tão óbvios e sedimentados em tradições e costumes.

Intenções à parte, a proposta de Lee acaba apresentando-se como um projeto no mínimo diferente e até certo ponto com um conotação cômica, indo de desencontro com tradicional e chamando a atenção pela criatividade e perspectiva simplista do mesmo.

Portfólio: pleaseenjoy.com

Portfólio: pleaseenjoy.com

Livros - Submarino.com.br