Arquivo para shadow art

Do Cult ao Pop, a Incrível Shadow Art de Diet Wiegman

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/04/2013 by Bronx1985

Talentoso e super criativo artista plástico que é, o alemão Diet Wiegman sabe como poucos sensibilizar sua audiência com composições que dialogam de maneira tão incrível quanto bem humorada com essências e conotações tão Pop quanto Cult, por assim dizer.

Através de uma técnica básica já muito explorada por outros artistas e jogo de sombras e luzes refletoras posicionadas em pontos estratégicos, Diet Wiegman consegue ser único no que se destina a fazer justamente pelas originais e universais representações alcançadas, todas harmoniosamente fieis as silhuetas originais dos seus então “donos” representados.

Com um portfólio tão diferenciado quanto o bem humorado jogo de sombras aqui em destaque, recomendo sim uma visita ao site oficial do artista alemão. Muito mais poderá então ser contemplado, além da possibilidade de fazer contato direto com o cara.

Portfólio: dietwiegman.tumblr.com

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Diet Wiegman Shadow Artwork

Portfólio: dietwiegman.tumblr.com

A arte projetada em lixo de Tim Noble e Sue Webster

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/03/2010 by Bronx1985

Formados no curso de Belas Artes na Nottingham Trent University, na década de 80, Tim Noble e Sue Webster desafiam os mais conservadores no campo das artes visuais quando propõem um trabalho fundamentado originalmente em lixo, literalmente.

Através de uma técnica básica de reunião e aglutinação de lixos encontrados pelas ruas das grandes cidades, seguida de uma luz direcionada sobre a pilha de lixo, obtem-se, como resultado, uma sombra projetada sobre uma parede, sombra essa que remete-nos as mais variadas representações de seres humanos e de animais.

De uma forma tão bem humorada quanto inovadora, Noble e Webster querem nos fazer pensar sobre o problema do lixo urbano nos grandes centros metropolitanos e as consequência do contínuo acúmulo dos mesmos, de forma a trazerem, através das sua sombras projetadas, representações de ratos e de seres humanos em atitudes de deboche e descaso com a situação.

Perguntado sobre como defini-se sua arte, Tim Noble descreveu-a como seu “pior pesadelo”, fazendo direta alusão a questão de até que ponto o homem precisa chegar (trazer lixo das ruas e empilhá-los sobre em galeria de arte) para lembrar o próximo sobre o que estamos fardados a colher como frutos da nossa irresponsabilidade socioambiental de hoje.

Mais sobre o casal: wikipedia.com/tnobleswebster

Mais sobre o casal: wikipedia.com/tnobleswebster