Arquivo para sentimentos

Andrey e Lili nos Jardins da Babilônia

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/01/2011 by Adriana Almeida

A dupla russa Andrey Yakovlev (fotografia) e Lili Aleeva (direção de arte) possui um portfólio extenso, eclético e impressionante. São fotografias tão tecnicamente perfeitas, com acabamentos variados que evocam diversos sentimentos (de acordo com a proposta inicial), que fica difícil escolher as que poderiam sintetizar o trabalho de Andrey e Lili.

Entretanto, o editorial de moda “Jardins de Babylone” (Jardins da Babilônia), com certeza chama a atenção e se destaca entre os muitos trabalhos da dupla. São peças extremamente coloridas, mas que não agridem os olhos; Claramente fashion, mas sem perder o cunho artístico dos trabalhos anteriores; são mágicas e inocentes, e mesmo assim, não perdem sua natureza contemporânea e sensual. A série parece então conter em si e resumir a natureza eclética e inquieta de seus autores, coisa que até então podia ser atestada pela comparação de seus diversos trabalhos.

Portfólio:  behance.net/AndrewLili & photodom.com/ayakovlev

Portfólio:  behance.net/AndrewLili & photodom.com/ayakovlev

A Complexa Arte de Stephan Balleux

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/12/2010 by Adriana Almeida

Cores, texturas, formas e dimensões. Experiências em 3D e mídias alternativas. Uma descrição pouco pensada ou uma olhada pouco atenta ao trabalho de Stephan Balleux, e poderíamos estar falando de um pintor abstrato ou um artista digital. Mas esse não é Stephan. Ele é o encontro entre o figurativo e o abstrato, o tradicional e o contemporâneo, o novo e o velho em um único indistinto pacote.

As cores se misturam em diferentes direções. Parece uma caótica dança do acaso que por pura gestalt calhou de parecer um retrato. Mas está tudo ali intencionalmente em movimento, revelando significados, derramando sensibilidade, envolvendo o clássico em outra roupagem. A mesma técnica, colocada lado a lado com uma imagem figurativa, dão ao suposto movimento caótico das tintas um aspecto quase místico, em uma experiência que nosso plano físico é quase incapaz de compreender, mas que absorve sentimentos e idéias. Stephan Balleux é complexo demais para ser descrito ou rotulado, sendo uma experiência sensorial que chega a cada um, e dependendo da peça em questão, de uma maneira diferente.

Portfólio: stephan-balleux.com

Portfólio: stephan-balleux.com