Arquivo para roupagem

Do Clássico ao Bizarro, A Desconstrução Estética de Chad Wys

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/04/2011 by Bronx1985

Norte americano nascido e residente em Illinois, EUA, Chad Wys é o típico artista plástico contemporâneo que com sua expressiva arte expõe a estética aos seus limites de experiência e interação. Com um portfólio tão vasto quanto pluralista, Wys dá vazão aos mais confusos e pertinentes sentimentos e reflexões em arte.

Com bases no clássico moderno, o norte americano, através de uma perspicaz técnica de desconstrução do óbvio, vai aos poucos dando nova roupagem a todas as questões estéticas e representativas do proposto. Criando desta forma um inusitado e, por vezes, bizarro olhar crítico nesta que pode ser considerada uma nova vertente em arte contemporânea.

Seguem palavras do próprio artista acerca das suas realizações: “_ Costumo explorar a idéia de objecthood: como nós decoramos nossas vidas como arbitrárias, bem como significativas, as coisas, como objetivamos aqueles que amamos e os estrangeiros que vemos, como objetivamos a dor e a morte; como objetivamos complexos e sensíveis histórias culturais.”

Portfólio: chadwys.com

Portfólio: chadwys.com

A Complexa Arte de Stephan Balleux

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/12/2010 by Adriana Almeida

Cores, texturas, formas e dimensões. Experiências em 3D e mídias alternativas. Uma descrição pouco pensada ou uma olhada pouco atenta ao trabalho de Stephan Balleux, e poderíamos estar falando de um pintor abstrato ou um artista digital. Mas esse não é Stephan. Ele é o encontro entre o figurativo e o abstrato, o tradicional e o contemporâneo, o novo e o velho em um único indistinto pacote.

As cores se misturam em diferentes direções. Parece uma caótica dança do acaso que por pura gestalt calhou de parecer um retrato. Mas está tudo ali intencionalmente em movimento, revelando significados, derramando sensibilidade, envolvendo o clássico em outra roupagem. A mesma técnica, colocada lado a lado com uma imagem figurativa, dão ao suposto movimento caótico das tintas um aspecto quase místico, em uma experiência que nosso plano físico é quase incapaz de compreender, mas que absorve sentimentos e idéias. Stephan Balleux é complexo demais para ser descrito ou rotulado, sendo uma experiência sensorial que chega a cada um, e dependendo da peça em questão, de uma maneira diferente.

Portfólio: stephan-balleux.com

Portfólio: stephan-balleux.com