Arquivo para resina

O Amor e o Arrebatamento na Obra de Angela Fraleigh

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/09/2010 by Adriana Almeida

Angela Fraleigh nasceu na Carolina do Sul e é graduada pela Universidade de  Boston com especialização feita na Universidade de Yale, e é uma pintora realista de extrema competência que conseguiu se destacar entre tantos outros pintores realistas.

As pinturas de Angela são românticas e idílicas. Seu traço hiper-realista mas cheio de sensibilidade e intensidade já seria o suficiente para a produção de peças extremamente comoventes, porém mundanas. Mas ela vai além. Seus sujeitos são submersos no abstrato, através de uma técnica de aplicação de tinta óleo e resina, criando formas que atribuem um novo significado a obra, adicionando angústia ao amor retratado: uma sensação de urgência e enclausuramento, típica do arrebatamento.

Portfólio: angelafraleigh.com

Portfólio: angelafraleigh.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

Nick van Woert e sua “estranha” arte sob bustos

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/02/2010 by Bronx1985

Detentor de um talento tão notório quanto bizarro, Nick van Woert é um artista plástico de origem norte americana que hoje vive, produz e divulga suas peças sob solo europeu, mais precisamente na Holanda.

O extravagante trabalho de Nick pressupõe a releitura de um busto clássico de moldes gregos à uma visão, digamos assim, menos clássica e mais extravagante. Utilizando os mais diversos tipos de materiais, como gomas de mascar usadas, bolinhas de papel molhadas, resinas coloridas, bases líquidas de acrílico, cimento e embutidos de madeira, dentre muitos outros materiais, a fim de como propósito final, chegar às obras como propostas nas imagens.

O intuito de Nick com as suas obras é o de levar aos observadores, tomando como princípio o busto grego clássico o homem de antigamente, as muitas formas e cores que o homem moderno passou a ter, dadas as multirelações humanas dos dias de hoje, remetendo-nos a reflexão do quanto enriquecedor pode ser a globalização e a mescla de culturas e raças que nos permitimos com o passar dos tempos.

Muito interessante, porém ainda sim bizarro (imoral).

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com