Arquivo para resina

Cultura Alimentar, as Bizarras Esculturas de Camila Valdez

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/07/2013 by Bronx1985

Hermana nossa de Buenos Aires (Argentina), Camila Valdez  é criativa e bem humorada artista plástica. Suas composições são coloridas, curiosas e representam aquele que pode ser considerado um dos grandes vícios do homem: doces!

Através de uma técnica relativamente básica de construção das suas esculturas utilizando os mais variados e pertinentes materiais possíveis, tais como resinas, tintas, madeira, plástico e outros demais, a argentina reconstrói a ideia de doces agora numa peculiar e bizarra junção dos mesmos com o estereótipo do homem; como suas pernas ou braços, por exemplo.

Já com um considerável número de exposições solo em seu portfólio acontecidas em seu país de origem, fato é que Camila Valdez  tem cada vez mais conquistado seu espaço junto da crítica especializada na Arte Contemporânea, visto que a artista plástica/escultora é enfática ao tratar sua arte com muita seriedade e, com isto, tem estudado e se graduado em importantes escolas de Arte em seu país, a relação completa encontra-se em seu portfólio oficial.

Portfólio: flickr.com/camilavaldez

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

 Camila Valdez Sculpture Artwork


Camila Valdez Sculpture Artwork

Portfólio: flickr.com/camilavaldez

 

 

 

Paisagens Sintéticas, as Curiosas Pinturas de Shane McAdams

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/10/2012 by Bronx1985

Explicitamente interessado em paisagens, como parte de um contexto geral, o artista plástico, pintor e escritor norte americano Shane McAdams reproduz a “silhueta” terrena de nosso planeta de uma maneira tão peculiar quanto curiosa, isto se tomarmos como base suas cores utilizadas e toda a representatividade que suas composições possuem quando expostas ao lado de demais trabalhos executados com técnicas tidas como “clássicas”.

Através do uso tão inusitado quanto inteligente de elementos e matérias primas, tais como canetas esferográficas, corretivos líquidos, resinas diversas, colas especiais (Elmer), tintas plásticas e painéis de madeira, o norte americano compõe telas tão incríveis quanto diferentes de tudo aquilo que até então estamos acostumados a contemplar, visto que sua intenção é justamente prender nossa atenção através da apresentação de uma arte, no mínimo, impar.

Destinado a representar, à sua maneira, as formas físicas de nosso planeta, fato é que Shane McAdams consegue ir além e apresentar-nos uma nova complexidade em estrutura visual, suas aplicações não ortodoxas em nada ofuscam o brilhantismo e elegância de seu trabalho, visto que em seu portfólio oficial muito mais do mesmo pode ser contemplado.

Portfólio: shanemcadams.com

Portfólio: shanemcadams.com

Do Hilário ao Bizarro, As Simbólicas Esculturas de Fredrik Raddum

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 27/06/2011 by Bronx1985

Para uns não passam de meros objetos artísticos de cunho humorístico, para outros já se tratam de fieis representação do cotidiano e/ou imaginário humano; esculturas sinceras em intenções e simbólicas por despertarem a curiosidade e delinearem o homem contemporâneo e suas relações sociais de modo tão criativo quanto subliminar.

Através de uma técnica básica de modelagem em resina e demais matérias primas para posterior pintura, o escultor e artista plástico norueguês Fredrik Raddum, que mantém uma oficia atelier em Oslo, cria e divulga pelo mundo estas suas esculturas que cativam os observadores pela simplicidade e alto teor de humor empregado às mesmas.

Com obras já expostas nos mais diferenciados e distantes centros de arte, destaco aqui o Picled Art Center em Pequim, China, o Museum of Installation em Londres, UK e o Bondi em Sydney, Australia, as esculturas de Fredrik Raddum de fato conquistaram seu espaço no gosto popular.

Portfólio: fredrikraddum.no

Portfólio: fredrikraddum.no

Os Curiosos Troféus Domésticos de Rachel Denny

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/11/2010 by Adriana Almeida

Madeira, lã, restos de tecido, resina, gesso e outros objetos encontrados ao acaso misturados a muita criatividade e surge a série “Troféus Domésticos” (“Domestic Trophies”) da americana Rachel Denny, que já expôs em diversas exibições (em grupo ou solo) e ganhou prêmios por seu trabalho.

Inspirada pelas elegantes e imponentes formas dos animais e pelo potencial de manipulação de materiais de trabalho propositadamente inusitados, Rachel faz esculturas e bustos de animais numa interessante releitura de um objeto que é parte da cultura de várias regiões americanas, em especial no oeste dos desbravadores, que caçavam suas presas e as exibiam orgulhosos empalhadas em formas de troféus. As versões de Rachel, 100% “murder free” (livres de assassinato) e ecologicamente corretas, preserva a natureza viva onde deve estar, e ainda a leva simbolicamente para casa de uma maneira curiosa e diferente.

Portfólio: racheldenny.com

Portfólio: racheldenny.com

A Vida, Morte e Renovação nas Esculturas de Christina Bothwell

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/11/2010 by Bronx1985

Fascinada pelo que assegura-se por debaixo das superfícies, interessada em capturar as qualidades do “não visto” e detentora de uma criatividade tão ímpar quanto bizarra, por assim dizer. Esta é Christina Bothwell, escultora norte americana detentora de diversos prêmios em Arte e com exposições nos mais consagrados espaços destinados à arte contemporânea.

Suas esculturas remetem da forma mais peculiar e intrínseca as questões envoltas da morte, vida e renovação dos seres vivos, tudo em interessante harmonia com a proposta da escultora em associar tais eventos a uma proposta tão estranha quanto bem humorada, se encararmos com olhares mais dispostos as suas obras como um todo.

Através do uso inteligente dos mais diferentes tipos de matérias primas, como madeira, resinas diversas e tintas de pintura, por exemplo, Bothwell cria esculturas tridimensionais que se destacam pelos detalhes e representações tão únicas quanto curiosas, estas que despertam nos observadores sentimentos como a estranheza, curiosidade e, obviamente, admiração e sentido de reflexão sobre a vida.

Portfólio: christinabothwell.com

Veja também: As Simbólicas Esculturas de Christina Bothwell

Portfólio: christinabothwell.com

O Amor e o Arrebatamento na Obra de Angela Fraleigh

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/09/2010 by Adriana Almeida

Angela Fraleigh nasceu na Carolina do Sul e é graduada pela Universidade de  Boston com especialização feita na Universidade de Yale, e é uma pintora realista de extrema competência que conseguiu se destacar entre tantos outros pintores realistas.

As pinturas de Angela são românticas e idílicas. Seu traço hiper-realista mas cheio de sensibilidade e intensidade já seria o suficiente para a produção de peças extremamente comoventes, porém mundanas. Mas ela vai além. Seus sujeitos são submersos no abstrato, através de uma técnica de aplicação de tinta óleo e resina, criando formas que atribuem um novo significado a obra, adicionando angústia ao amor retratado: uma sensação de urgência e enclausuramento, típica do arrebatamento.

Portfólio: angelafraleigh.com

Portfólio: angelafraleigh.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

Nick van Woert e sua “estranha” arte sob bustos

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/02/2010 by Bronx1985

Detentor de um talento tão notório quanto bizarro, Nick van Woert é um artista plástico de origem norte americana que hoje vive, produz e divulga suas peças sob solo europeu, mais precisamente na Holanda.

O extravagante trabalho de Nick pressupõe a releitura de um busto clássico de moldes gregos à uma visão, digamos assim, menos clássica e mais extravagante. Utilizando os mais diversos tipos de materiais, como gomas de mascar usadas, bolinhas de papel molhadas, resinas coloridas, bases líquidas de acrílico, cimento e embutidos de madeira, dentre muitos outros materiais, a fim de como propósito final, chegar às obras como propostas nas imagens.

O intuito de Nick com as suas obras é o de levar aos observadores, tomando como princípio o busto grego clássico o homem de antigamente, as muitas formas e cores que o homem moderno passou a ter, dadas as multirelações humanas dos dias de hoje, remetendo-nos a reflexão do quanto enriquecedor pode ser a globalização e a mescla de culturas e raças que nos permitimos com o passar dos tempos.

Muito interessante, porém ainda sim bizarro (imoral).

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com