Arquivo de reciclagem

Simplicidade Simplista, a Indireta Arte de Fesson Ludovic

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 03/09/2013 by Bronx1985

Instigantes, reflexivas, indiretas e muito simples, assim caracterizo as composições artísticas do francês Fesson Ludovic, interessado explicitamente numa abordagem visual sempre fundamentada em questões da natureza, ecossistema e meio natural como um todo.

Constituídas basicamente de materiais retirados da própria natureza e agora novamente reinseridos em formatação artística, fato é que a arte do francês Fesson Ludovic direta ou indiretamente nos leva ao despertar de sentimentos tão básicos quanto necessários, tais como o da curiosidade, o da dúvida, o de preservação do meio ambiente e o de reciclagem de materiais, dentre muitos outros.

Com um portfólio tão peculiar quanto a sua própria arte, por assim dizer, e matériais em exposição digital tão ímpares quanto as propostas propriamente sugeridas com os mesmos pelo francês, incontestável é o fato de que Fesson Ludovic agrega em nós com a sua arte um importante sentido de novidade e preservação, algo muito na moda ultimamente, porém ainda longe de ser praticado a níveis de perfeição.

Portfólio: behance.net/Wild-idea

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Portfólio: behance.net/Wild-idea

Da Notícia à Arte, As incríveis Composições com Jornais de Kyu-Hak Lee

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/08/2012 by Bronx1985

Aficionado por detalhes como todo bom oriental costuma ser, o sul coreano artista plástico Kyu-Hak Lee sabe como poucos como utilizar jornais velhos para recriar incríveis composições pintadas que simulam o cotidiano humano, este nas mais singelas e belas situações contemporâneas.

Interessado na representatividade que a obra passa a ter com a utilização dos jornais, o coreano faz uso de uma curiosa técnica de enrolagem do jornal  em pequenos pedaços de madeira para então depois ir juntando-os pacientemente um a um para em seguida os pintar de modo a completarem a cena proposta.

Com inúmeras exposições em seu país natal e uma outra série de trabalhos também disponíveis em galerias espalhadas pelo oriente, curioso é no trabalho de Kyu-Hak Lee também a questão atrelada a responsabilidade socioambiental com o planeta, visto que em tempos de reciclagem, as composições do artista são uma interessante saída para a reeducação das sociedades.

Portfólio: yesongart.com

Portfólio: yesongart.com

A Vanguarda da Sustentabilidade, as Incríveis Esculturas com Pneus de Win Delvoye

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/09/2011 by Bronx1985

Expressivamente incríveis por representação, inovadoras por essência e construção e ecologicamente corretas por escolha da matéria prima, as magníficas esculturas do belga Win Delvoye são o que podemos considerar de arte para o século XXI.

Interessantemente delineadas em um contexto onde a responsabilidade sócio ambiental se faz cada vez mais tão presente quanto necessária, suas esculturas em pneus usados se destacam do óbvio pela inteligente e muito bem empregada técnica de recorte/talhagem em pneus velhos. Pneus estes que quando velhos e não corretamente manipulados tornam-se um crítico problema para a manutenção da vida verde nos grandes centros metropolitanos atuais.

Destaque não tão somente em seu país natal, mas em todo o mundo, Win Delvoye é um artista de muitas facetas, em seu genial site oficial (outra arte a parte) é possível constatar o talento do belga também para tattoos, desenhos e demais expressões em arte. Sem dúvidas vale a pena conhecer seu portfólio completo!

Portfólio: wimdelvoye.be

Portfólio: wimdelvoye.be

Anastassia Elias e a Arte em Rolos de Papel Higiênico

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/04/2011 by Adriana Almeida

Arte não tem limites. Tudo o que existe no mundo pode se transformar em uma obra de arte, mas às vezes esbarramos em certos materiais que acreditamos que além da lata de lixo e da reciclagem simples, o único destino artístico possível são as aulas de arte no primário… ledo engano.

Anastassia Elias é uma artista francesa especializada em colagens, pintura e ilustração, e que faz o inimaginável com os mundanos rolinhos usados de papel higiênico. Através de intrincados jogos de sombra criados através de colagem de pequenas miniaturas dentro do rolo, cenas do cotidiano, como uma bucólica visita ao jardim zoológico ou um amigável jogo de futebol, ganham vida e uma sensação tridimensional…

Suas peças são feitas em cerca de 3 horas, pouco mais que o tempo de levar nossos (assim achávamos) inúteis rolos vazios de papel higiênico ao centro de reciclagem mais próximo, e são vendidos em seu site por cerca de 100 euros cada… Não só uma regalia aos olhos, como um excelente negócio!

Portfólio: anastassia-elias.com

Portfólio: anastassia-elias.com

O Reinventar e Reuso na Arte dos Livros Antigos de Cara Barer

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 12/01/2011 by Bronx1985

Até que ponto um livro velho pode ser considerado um objeto obsoleto ao tempo de não o mais utilizarmos como função principal de transmitir-nos informações quaisquer?

Cara Barer, através da indagação acima feita, chegou a conclusão que um livro, após ser considerado como não mais necessário para o meio, deve sim ser reaproveitado de outras formas àquela que fora originalmente criado, a partir daí, a artista plástica norte americana oriunda de São Francisco, cria as mais diferentes e, por assim dizer, interessantes esculturas de livros velhos não mais utilizados.

Através de uma técnica singular de imersão dos livros a serem utilizados em suas esculturas em uma banheira com água por algumas horas, Carla vai remoldando-os a sua vontade e posteriormente pintando-os conforme suas intenções, tudo de modo a criar estas espetaculares esculturas como vemos aqui em exposição.

Portfólio: carabarer.com

Portfólio: carabarer.com

O projeto “Oldification” de Dave Barnes

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/05/2010 by Bronx1985

 Artista canadense de extremo talento para o expressionismo da arte, Dave Barnes envolve a prática de transformar o conceito moderno de revelar um clima nostálgico, por vezes referido como “Oldification”.

Através do uso super inteligente dos mais diferentes tipos de materiais, destaco aqui elementos reciclados, tintas plásticas manipuladas de modo a se desbotarem e papéis diversos (revistas e jornais na maioria), Barnes produz as mais modernas e inusitadas obras, estando as mesmas sempre atreladas à muito bom humor, críticas e mensagens subliminares, elementos estes intrínsecos a personalidade do artista.

Questionado sobre os reais motivos de uma arte tão “estranha” e interessante, o canadense foi meticuloso ao responder:

_Vou tentar usar a arte como uma tradução da experiência e observação de que deriva a inspiração do ambiente e da memória.

Portfólio: davebarnes.ca

Portfólio: davebarnes.ca

Livros - Submarino.com.br

Yong Ho Ji e sua inusitada arte com pneus

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/03/2010 by Bronx1985

Formado em artes pela Honkgik University em Seoul, o sul coreano Yong Ho Ji é percursor e mestre na arte de criar tão maravilhosas quanto inusitadas esculturas feitas a partir de bandagens velhas retiradas de pneus usados dos mais variados tipos de veículos.

Com uma técnica de sobreposição de bandagens, aliada com a utilização de madeira, aço e isopor para fins de  preenchimento e detalhamento das esculturas, Ho Ji dá forma aos mais variados tipos de representações de animais saídos da sua fértil imaginação, assim como os nomes por ele inventados atribuídos às suas esculturas.

Tão notável quanto perfeccionista, o estilo de arte do sul coreano nos leva a reflexão, assim como muitos outros artistas, estando alguns mesmos em divulgação neste blog, acerca da reutilização de materiais considerados não mais aproveitáveis pela nossa sociedade (pneus velhos), algo tão em destaque nos dias do hoje se levarmos em consideração todos os princípios de responsabilidade socioambiental.

Portfólio: artnet.com/younghoji

Portfólio: artnet.com/younghoji

%d blogueiros gostam disto: