Arquivo para problema

As Críticas Intervenções Urbanas (WTF!) de Dan Witz

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/01/2011 by Bronx1985

Contextualizadas em um meio urbano moderno onde os menos afortunados (pobres marginalizados na grande maioria) mantêm-se anexos aos sistemas econômicos e culturais, as intervenções urbanas do artista norte americano Dan Witz traçam uma interessante e necessária crítica ao papel do Estado e da sociedade na importância da manutenção desta tão grave quanto presente situação e condição humana. Através de sacadas, por vezes humoradas, por vezes sarcásticas, Dan Witz revela-nos a sua percepção do quão crônico é o problema da má distribuição de renda e exploração daqueles considerados detentores de menor poder aquisitivo, estes muitas vezes oriundos de origens africanos e/ou indígenas.

Detentor de diversos prêmios em arte, além de possuir diversas obras em constante exposição nos mais diferenciados centros, Dan Witz e suas instalações têm cada vez mais chamado a atenção da comunidade artística mundial, bem como dos menos inseridos na Arte, estes últimos que muitas vezes acabam por se tratarem dos objetos então retratados nas suas obras.

Portfólio: danwitz.com

Portfólio: danwitz.com

O crítico grafite inverso do brasileiro Alexandre Orion

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/04/2010 by Bronx1985

“Cidades estilhaçadas, estiradas ao longo de ruas vazias nas quais se alinham construções idênticas e onde a paisagem urbana (o deserto) diz: _ Estas ruas são feitas para se dirigir tão rapidamente quanto possível do trabalho para casa e vice-versa.  São ruas para passar, não para viver.”  André Gorz – A Ideologia Social Do Automóvel

É neste contexto e reflexão que se insere o crítico grafite inovador ao inverso do brasileiro Alexandre Orion, seu trabalho (arte) consiste unicamente pela limpeza de estruturas internas de túneis urbanos, Orion, com um pano branco em mãos que faz o papel de jet (pincel) e uma máscara para se proteger da poluída atmosfera presente no interior dos túneis dos grandes centros cosmopolitas brasileiros, vai aos poucos desenhando (representando), uma a uma, caveiras estilizadas no maior “traço  grafite” ao longo da vias subterraneas escolhidas,.

Tudo em alusão e crítica à sujeira e poluição que é o ar das grandes cidades nos dias de hoje, cidades estas de forma precariamente limpas e conservadas, ocasionando uma depreciativa qualidade de vida e até mesmo uma longevidade cruelmente encurtada por problemas respiratórios e psicológicos.

Portfólio: alexandreorion.com

Portfólio: alexandreorion.com