Arquivo para prática

Recriando o Tempo e Espaço, as Incríveis Foto Montagens de Isabel M. Martínez

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/06/2012 by Bronx1985

Natural do Chile, com formação especializada na Universidad Católica de Chile, Isabel M. Martínez é a típica fotógrafa que gosta de brincar com suas composições de modo a criarem todo um novo contexto além daquele que muitas vezes entendemos como básico em uma fotografia: expor um fato.

Como artista, ela está interessada nos aspectos fenomenológicos da experiência humana. A percepção é um tema recorrente na sua prática e tornou-se uma base para ela explorar as possibilidades e limitações da fotografia. Suas composições dialogam como um meio de transcrição visual para ideias, refletindo sobre as noções de tempo, espaço, duração e simultaneidade, assim, a experimentação é um processo na vanguarda de muitos de seus trabalhos. Narrativas não-lineares, superposições e justaposições também são frequentemente utilizados na criação de suas imagens.

Fã confessa de Photoshop e demais softwares editores de imagens, fato também é que o trabalho da chilena, além do todo já citado acima, serve de base acerca de até que ponto podemos chegar com a manipulação das fotografias e qual é o real sentido das mesmas, visto que a agora a reflexão cai por cima do paradigma que dita que uma fotografia nada mais representa senão a exposição de um (1) fato.

Portfólio: immartinez.com

Portfólio: immartinez.com

A Incrível Mapografia – Cartografia – Artística da Vida, por Matthew Cusick

Posted in FOTO ENSAIOS, PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 25/07/2011 by Bronx1985

Idealizada de modo tão sutil quanto criativo, a arte do norte americano Matthew Cusick é o que caracterizar como arte contemporânea para audiência contemporânea. “Map Works” é o nome desta incrível série artística de representações mundanas em mapas cartográficos.

Executadas através de uma interessante e bem empregada técnica de recorte e montagem de mapas e posterior singela complementação por tinta acrílica, as representações e retratos de Cusick destacam-se pela interessante perspectiva alcançada através da representatividade dos mapas e suas informações destacadas como um todo.

Formado em Artes Aplicadas pela The Cooper Union for the Advancement of Science & Art, em NY, EUA, Matthew Cusick possui em seu currículo uma vasta gama de exposições realizadas em centros de arte e galerias pelas costas leste e oeste dos Estados Unidos, visto que o artista plástico também é assíduo leitor de literatura em Artes e suas interpretações de tais leituras podem ser identificadas em suas práticas artísticas em virtude da pluralidade e imparidade, por assim dizer, das suas obras.

Portfólio: mattcusick.com

Portfólio: mattcusick.com

As Esculturas Culturais de Ah Xian

Posted in ESCULTURAS, PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/01/2011 by Adriana Almeida

Ah Xian nasceu em Pequim e foi inicialmente treinado como um pintor Em 1989, durante os eventos na Praça Tiananmen, ele pediu asilo político na Austrália, se mudando para Sydney em 1990. Como exilado, e talvez sofrendo da famosa síndrome “Home Sickeness” (uma expressão para a clássica saudade de casa). Xian incorporou materiais tradicionais chineses e técnicas de sua cultura com uma prática contemporânea de escultura para resolver internamente as questões do seu deslocamento cultural, identidade política e as relações entre o Oriente e o Ocidente.

Em 1999 Ah Xian expôs na Ásia-Pacífico Terceira Trienal de Arte Contemporânea, na Galeria de Arte de Queensland, Brisbane, e entre suas exposições individuais mais importantes está a “China, China – Recentes Obras de Porcelana de Ah Xian”. Embora claramente influenciado pela cultura chinesa, não é preciso estar familiarizado com esta cultura para apreciar suas peças, tão delicadas e únicas, por mesclarem a pintura e a escultura de uma forma tão orgânica quanto inesperada.

Portfólio: acmi.net.au/ahxian

Portfólio: acmi.net.au/ahxian