Arquivo para pluralista

Mistérios do Cinza, o Revelador Foto Ensaio de Yvette Depaepe

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/06/2013 by Bronx1985

De ascendência belga, a fotógrafa Yvette Depaepe é talentosa e sensível artista visual quando o assunto são fotografias e expressão por imagens em cinza (preto e branco). Suas composições retratam de maneira impar detalhes incríveis em imagens que por si só chegam muitas vezes a dispensar o uso de cores e, muito por isto, alcançam a representatividade peculiar proposta pela fotógrafa.

Através de uma técnica muito bem executada de fotografismo de lugares e objetos diferenciados, tais como paisagens naturais, modelos de pessoas e objetos por si só já curiosos (cogumelos, por exemplo), a belga reproduz com imparcialidade e profundidade todas as belezas intrínsecas no nosso meio através do realce sereno do cinza, cor esta tida muitas vezes como algo morto que agora então ganha vida e destaque nas mãos da experiente artista.

Com um portfólio rico, pluralista e diferenciado da mesmice às vezes apresentada pelos demais fotógrafos do gênero aqui em questão (fotografia em preto e branco), fato é que Yvette Depaepe é considerada muito talentosa e de renome por toda a comunidade europeia, visto que a artista visual muitas vezes pode ser encontrada em feiras e workshops do gênero divulgando seus trabalhos e técnicas de fotografismo.

Portfólio: photoma.be

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Yvette Depaepe Photowork

Portfólio: photoma.be

O Vanguardismo Bizarro da Costura de Iris van Herpen

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 15/04/2011 by Bronx1985

Inseridas em um contexto onde as regras normais não se aplicam, as obras de arte da holandesa Iris van Herpen, expressas no mais abstrato tom de vanguardismo, são o que há de mais bizarro e curioso no mundo fashion.

De essência pluralista e conotações dark, van Herpen força a moda para a contradição entre a extrema beleza e da regeneração, sendo esta a sua maneira única de reavaliar a realidade e de expressar e realçar a individualidade.

Seu trabalho, como um todo, consiste na mistura de emprego de confecções artesanais, utilizando-se de técnicas antigas e esquecidas de costura com a inovação de materiais inspirados no mundo contemporâneo.

Perguntada acerca do sentido de todo o seu trabalho, Van Herper é enfática ao dizer: “_ Para mim a moda é uma expressão de arte que está muito próximo e relacionado a mim e ao meu corpo. Eu a vejo como minha expressão de identidade combinado com o desejo, o humor e ambiente cultural.”

Portfólio: irisvanherpen.com

Portfólio: irisvanherpen.com