Arquivo para photography

A Arte Conceitual de Dave Mckean

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/07/2010 by Adriana Almeida

Dave McKean (nascido em 29 de dezembro de 1963 em Maidenhead, Inglaterra) é um cultuado ilustrador inglês que tem em seu currículo incursões também na música (pianista de Jazz e fundador da Feral Records) e no cinema (diretor de MirrorMask em 2005 e a arte conceitual de Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban, por exemplo). 

No Brasil, Dave McKean é conhecido em especial pelas belíssimas capas conceituais das graphic novels Sandman, de Neil Gaiman. Mas além de várias outras HQs ilustradas por Dave, ele também assina várias capas de CD e de livros além de ter publicado diversos livros de ilustração contando suas viagens iconograficamente e livros infantis em parceria com seu amigo Neil Gaiman. 

Sua carreira se iniciou em 1987, depois de ter tentado sem sucesso trabalho como ilustrador no mercado nova iorquino no ano anterior. Nesse momento se estabeleceu uma parceria bem sucedida e duradoura com Neil Gaiman, tendo como trabalho de estréia a capa da Graphic Novel Violent Cases. 

Misturando em perfeita harmonia técnicas variadas como desenho, pintura, fotografia, colagem  digital e escultura, sua arte é totalmente conceitual, simbólica e mítica. Os diversos elementos que compõe a imagem final, possuem em si sentido e funcionam quase como pistas para compreender mensagens ocultas e significados escondidos em suas obras… 

Portfólio: mckean-art.co.uk/ 

Portfólio: mckean-art.co.uk/ 

Livros - Submarino.com.br

24 anos da tragédia nuclear em Chernobyl

Posted in VARIEDADES with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/04/2010 by Bronx1985

Hoje completam-se 24 anos da tragédia nuclear ocorrida na cidade de Chernobyl.

Chernobyl (em ucraniano Чорнобиль) é uma cidade ao norte da Ucrânia, perto da fronteira com a Bielorrússia. O nome da localidade significa “grama negra”. Em meados da década de 70, foi construída pela União Soviética uma central nuclear a vinte quilômetros da cidade de Chernobyl.

Ironicamente, o acidente se deu durante o teste de um mecanismo de segurança que garantiria a produção de energia em caso de acidentes. A explosão ocorreu quando o sistema era testado em um dos blocos da usina, devido à instabilidade do reator provocada por uma combinação de erros humanos na sua operação e sua construção estar incompleta à época.

No início da madrugada do dia 26, aproveitando um desligamento de rotina, procederam-se à realização de alguns testes para observar o funcionamento do reator a baixa energia. Os técnicos encarregados desses testes não seguiram as normas de segurança e pelo fato do moderador de nêutrons ser à base de grafite (limitado), o reator poderia apresentar instabilidade num curto período de tempo, o que acabou por acontecer.

Explode o reator. As pessoas foram alertadas 30 horas depois do acidente, até então, tudo havia sido mantido em segredo, uma imensa nuvem radioativa se espalhava contaminando pessoas, animais e o meio ambiente de uma vasta extensão da Europa, chegando até mesmo serem identificados níveis de radiação nos Estados Unidos.

Após, uma espécie de “caixão” de betão, aço e chumbo foi construído sobre o reator que explodiu a fim de isolar o material radioativo que ali se concentra. O combustível nuclear chega a 200 toneladas do núcleo do reator e uma espécie de magma radioativo. O acidente fez com que fosse questionado o uso da energia nuclear. Em alguns países reduziram-se e outros quase extinguiram os seus projetos.

Apenas 5 trabalhadores da usina sobreviveram ao acidente, sendo que alguns estão vivos até hoje (data do post!). O acidente de Chernobyl teve 100 vezes mais radiação do que a bomba atômica de Hiroshima no Japão, após a Segunda Guerra Mundial ainda em detrimento aos países do Eixo (SS).

O foto ensaio abaixo apresentado fora clicado em 2010 pelo fotógrafo russo Aleksey Yaroshevsky, afiliado agência RT Photo que mostra-nos uma Chernobyl ainda colhendo os frutos do acidente nuclear; trajes específicos anti radiação foram necessários para a excursão do fotógrafo, à 24 anos toda a região encontra-se abandonada, dados os níveis de radiação que ainda apresentam-se em toda area e que impedirão sua reabitação por um bom tempo.

Mais sobre o assunto em:

wikipédia.org/chernobyl –   brasilescola.com.br/chernobyl

Perfil comercial Aleksey Yaroshevsky

Mais sobre o assunto em:

wikipédia.org/chernobyl –   brasilescola.com.br/chernobyl

Perfil comercial Aleksey Yaroshevsky

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

Os 22 mais bizarros objetos encontrados em um raio-X

Posted in VARIEDADES with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/03/2010 by Bronx1985

É comum vermos uma criança no hospital sentindo fortes dores no estômago e, depois de tirado o  devido raio-x, constata-se que a mesma engolira uma moeda, um clip, ou qualquer outro objeto que crianças adoram levar à boca, porém o que você verão abaixo é uma coletânea das piores situações já presenciadas pelos médicos e pacientes (não mais crianças a bastante tempo) quando no ato de uma consulta e posterior análise dos seus respectivos exames de raio-x.

Situações tão constrangedoras e, algumas tão doloridas, que dificilmente tenderão a acontecer novamente, pelo menos com as mesmas pessoas, dadas a estupidez, falta de sorte e vergonha passadas!!

Fotos: internet

Fotos: internet

A pintura tridimensional de Alexa Meade

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/03/2010 by Bronx1985

Alexa Meade é uma inovadora artista norte americana, seus trabalhos consistem em pinturas de superfícies em alto relevo (3D), como modelos vivos (pessoas) e espaços arquitetônicos (salas de estar, cozinhas, etc).

Por mais estranho e incompreensível que possa parecer, Meade é considerada pelos críticos de arte moderna como um gênio da pintura por ter quebrado todos os paradigmas vigentes da arte, dada a mudança de percepção na forma como vivemos e interpretamos as relações espaciais, alimentando nosso interesse intelectual e as tensões entre a percepção e a realidade experimentada.

Para confecção das suas obras primas, a pintora utiliza-se somente de tinta acrílica, o objeto ou pessoa a ser pintada e muita imaginação, esta última que sobra em Meade, dado o seu trabalho final de excelentíssimo bom gosto, se levarmos em consideração a capacidade que ele possui de, no mínimo, chocar os observadores.

Portfólio: alexameade.com

Portfólio: alexameade.com

A arte em torradas de Tibi Tibi Neuspiel

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/03/2010 by Bronx1985

Tibi Tibi Neuspiel é um renomado artista canadense, natural de Toronto, que inventou, pratica e divulga uma inovadora arte de elaboração de caricaturas em torradas queimadas.

Através de uma técnica básica de raspagem de pães, porém de difícil reprodução, Neuspiel queima os mesmos a serem utilizados como base para as suas caricaturas em torradeiras comuns, depois disso, ele utiliza-se de um raspador em forma de pincel pontiagudo para, pouco a pouco, ir dando forma as mais diferentes e inusitadas personalidades em suas torradas através da raspagem das partes queimadas.

Destaca-se na obra de Neuspiel a possível obtenção de detalhes fiéis à aparência dos caricaturados, que vão desde Adolf Hitler à Abraham Lincoln. Perguntado sobre o porquê da reprodução de personalidades em torradas queimadas, Neuspiel simplesmente disse que sempre gostou de fazer caricaturas, porém desejava que elas fossem feitas em diferentes superfícies, de modo a despertar no público o interesse sobre os fatos históricos que aquelas personalidades tinham participação.

Portfólio: tibitibi.com

Portfólio: tibitibi.com

Romain Laurent e suas intrigantes foto montagens

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/03/2010 by Bronx1985

Romain Laurent é fotógrafo e exerce sua profissão na França, onde nasceu, em seu portfólio listam-se clientes de peso, como Coca-Cola, Citroen, EMI e Discovery Channel, porém, no campo artístico-cultural, Laurent é mais conhecido pelo seu criativo trabalho de edição e montagens de fotografias das mais variadas temáticas e vertentes.

Laurent utiliza-se de uma técnica básica de fotografismo sob diferentes perspectivas de captação de imagens, que depois são editadas via photoshop para fins de obtenção de um maior realismo de cores e sombras, como produto final, obten-se inusitadas fotografias que, aos olhos de leigos, representam situações impossíveis de acontecer na rotina das pessoas.

O trabalho do francês encontra-se exposto em todos os lugares e galeria modernas do mundo, porém o mesmo sempre focou suas obras para o público francês, fato este que justifica seu sucesso no país em questão, embora, dada a qualidade constatada nas fotos abaixo, pudesse fazer sucesso em qualquer que fosse o lugar.

Portfólio: romain-laurent.com

Portfólio: romain-laurent.com

Liu Bolin, o homem que quer ser invisível

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/03/2010 by Bronx1985

Ele é chinês, dotado de extremo talento para pinturas corporais e famoso no mundo inteiro, mas a que Liu Bolin se dedica e realmente gostaria de ser é invisível.

Por mais que os mais céticos venham a dizer que trata-se de um efeito de montagem e edição em photoshop, não é o caso, Liu Bolin utiliza-se de tintas para, depois de escolhido um plano de fundo qualquer, camuflar-se à ele através de uma reprodução do que, teoricamente, seu corpo irá sobrepor ao cenário.

Destaca-se no trabalho de Bolin a paciência do artista para então conseguir tamanha realidade nas suas pinturas, de modo que os mais despercebidos podem realmente encontrar (ou não encontrar) nas fotos abaixo um homem de fato invisível.

O intuito do trabalho do chinês, dentre muitos outros, é fazer a sociedade refletir sobre aquelas pessoas as margens dos planos econômicos e sociais dos governos, que vivem as margens de uma sociedade inquisidora que considera-os invisíveis aos padrões aceitados pelos preconceitos modernos.

Portfólio: artnet.com/liubolin

Portfólio: artnet.com/liubolin

VEA TAMBÉM: Camuflagem Artística, o Movimento Unificado de Cecilia Paredes