Arquivo para photo

A arte em torradas de Tibi Tibi Neuspiel

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/03/2010 by Bronx1985

Tibi Tibi Neuspiel é um renomado artista canadense, natural de Toronto, que inventou, pratica e divulga uma inovadora arte de elaboração de caricaturas em torradas queimadas.

Através de uma técnica básica de raspagem de pães, porém de difícil reprodução, Neuspiel queima os mesmos a serem utilizados como base para as suas caricaturas em torradeiras comuns, depois disso, ele utiliza-se de um raspador em forma de pincel pontiagudo para, pouco a pouco, ir dando forma as mais diferentes e inusitadas personalidades em suas torradas através da raspagem das partes queimadas.

Destaca-se na obra de Neuspiel a possível obtenção de detalhes fiéis à aparência dos caricaturados, que vão desde Adolf Hitler à Abraham Lincoln. Perguntado sobre o porquê da reprodução de personalidades em torradas queimadas, Neuspiel simplesmente disse que sempre gostou de fazer caricaturas, porém desejava que elas fossem feitas em diferentes superfícies, de modo a despertar no público o interesse sobre os fatos históricos que aquelas personalidades tinham participação.

Portfólio: tibitibi.com

Portfólio: tibitibi.com

Romain Laurent e suas intrigantes foto montagens

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/03/2010 by Bronx1985

Romain Laurent é fotógrafo e exerce sua profissão na França, onde nasceu, em seu portfólio listam-se clientes de peso, como Coca-Cola, Citroen, EMI e Discovery Channel, porém, no campo artístico-cultural, Laurent é mais conhecido pelo seu criativo trabalho de edição e montagens de fotografias das mais variadas temáticas e vertentes.

Laurent utiliza-se de uma técnica básica de fotografismo sob diferentes perspectivas de captação de imagens, que depois são editadas via photoshop para fins de obtenção de um maior realismo de cores e sombras, como produto final, obten-se inusitadas fotografias que, aos olhos de leigos, representam situações impossíveis de acontecer na rotina das pessoas.

O trabalho do francês encontra-se exposto em todos os lugares e galeria modernas do mundo, porém o mesmo sempre focou suas obras para o público francês, fato este que justifica seu sucesso no país em questão, embora, dada a qualidade constatada nas fotos abaixo, pudesse fazer sucesso em qualquer que fosse o lugar.

Portfólio: romain-laurent.com

Portfólio: romain-laurent.com

Liu Bolin, o homem que quer ser invisível

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/03/2010 by Bronx1985

Ele é chinês, dotado de extremo talento para pinturas corporais e famoso no mundo inteiro, mas a que Liu Bolin se dedica e realmente gostaria de ser é invisível.

Por mais que os mais céticos venham a dizer que trata-se de um efeito de montagem e edição em photoshop, não é o caso, Liu Bolin utiliza-se de tintas para, depois de escolhido um plano de fundo qualquer, camuflar-se à ele através de uma reprodução do que, teoricamente, seu corpo irá sobrepor ao cenário.

Destaca-se no trabalho de Bolin a paciência do artista para então conseguir tamanha realidade nas suas pinturas, de modo que os mais despercebidos podem realmente encontrar (ou não encontrar) nas fotos abaixo um homem de fato invisível.

O intuito do trabalho do chinês, dentre muitos outros, é fazer a sociedade refletir sobre aquelas pessoas as margens dos planos econômicos e sociais dos governos, que vivem as margens de uma sociedade inquisidora que considera-os invisíveis aos padrões aceitados pelos preconceitos modernos.

Portfólio: artnet.com/liubolin

Portfólio: artnet.com/liubolin

VEA TAMBÉM: Camuflagem Artística, o Movimento Unificado de Cecilia Paredes

A arte projetada em lixo de Tim Noble e Sue Webster

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/03/2010 by Bronx1985

Formados no curso de Belas Artes na Nottingham Trent University, na década de 80, Tim Noble e Sue Webster desafiam os mais conservadores no campo das artes visuais quando propõem um trabalho fundamentado originalmente em lixo, literalmente.

Através de uma técnica básica de reunião e aglutinação de lixos encontrados pelas ruas das grandes cidades, seguida de uma luz direcionada sobre a pilha de lixo, obtem-se, como resultado, uma sombra projetada sobre uma parede, sombra essa que remete-nos as mais variadas representações de seres humanos e de animais.

De uma forma tão bem humorada quanto inovadora, Noble e Webster querem nos fazer pensar sobre o problema do lixo urbano nos grandes centros metropolitanos e as consequência do contínuo acúmulo dos mesmos, de forma a trazerem, através das sua sombras projetadas, representações de ratos e de seres humanos em atitudes de deboche e descaso com a situação.

Perguntado sobre como defini-se sua arte, Tim Noble descreveu-a como seu “pior pesadelo”, fazendo direta alusão a questão de até que ponto o homem precisa chegar (trazer lixo das ruas e empilhá-los sobre em galeria de arte) para lembrar o próximo sobre o que estamos fardados a colher como frutos da nossa irresponsabilidade socioambiental de hoje.

Mais sobre o casal: wikipedia.com/tnobleswebster

Mais sobre o casal: wikipedia.com/tnobleswebster

A arte obscura das pinturas de Esao Andrews

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 14/03/2010 by Bronx1985

Esao Andrews é americano nascido em Mesa, Arizona, porém cursou Artes em New York e hoje mora no Brooklyn, também em NY. Dono de um talento louvável para pinturas e afins, é peculiar ao estilo de Andrews pinturas com fortes conotações obscuras e subliminares, que remeten-nos à reflexão, dentre muitas outras tangíveis, das relações sociais dos seres humanos e  o modo como encaram suas rotinas.

As pinturas de Esao Andrews originalmente são amplamente difundidas entre os menos conservadores e adeptos de movimentos góticos, dark’s em geral e pessoas propensas ao gosto pelas trevas e escuridão, porém nos dias de hoje, com diversos projetos de desmistificação das artes, as pinturas de Andrews são levadas aos mais diferentes tipos de pessoas, que nelas encontram beleza e talento, provando mais uma vez que a arte é digna de ser apreciada por todos, independentemente de dogmas religiosos, culturas e/ou paradigmas limitantes quaisquer.

Eu, particularmente, não sou gótico e tão pouco tenho propensão às trevas (eu acho!), porém achei as pinturas do americano Andrews tão dotadas de beleza quanto aquelas mais conservadoras, que podemos encontrar em um portfólio de Tarsília do Amaral, por exemplo.

Portfólio: esao.net

Portfólio: esao.net

A arte imoral de Robert Gligorov

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 12/03/2010 by Bronx1985

Perguntado à Robert Gligorov qual o sentido da sua arte, ele foi simples e direto na resposta:

_ Minha obra é para chocar o expectador.

Nascido na cidade de Kriva Palanca, Macedônia, porém hoje morando na Itália, o trabalho de Gligorov é considerado, tanto por críticos quanto por observadores, tão imoral quanto genuíno, pois sua essência possui a capacidade de  atormentar a imaginação humana, despertando nela um estado de letargia único e pertinente à crítica do óbvio.

Enfrentando uma sociedade habituada à formas sofisticadas e extremo de comunicação visual, Gligorov amplia o valor do ordinário com seu trabalho, a fim de competir com a avalanche de imagens de nuvens que o nosso campo visual encontra-se mergulhado.

Não recomendado para os mais sensíveis. Altamente recomendado para os menos convencionais.

Portfólio: gligorov.aeroplastics.net

Portfólio: gligorov.aeroplastics.net

As intervenções urbanas de Mark Jenkins

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/03/2010 by Bronx1985

Mark Jenkins (nascido em 1970, Fairfax, Virgínia) é um artista americano conhecido por seus trabalhos no estilo Arte Urbana (Intervenção), que consiste basicamente, através de muito bom humor e criatividade, na criação de instalações que venham de desencontro as rotinas do dia a dia moderno das pessoas que habitam as grandes metrópoles, gerando nelas o desconforto e a curiosidade para com aquilo que se deparam.

Jenkins utilza-se dos mais variados materiais possíveis para elaboração das suas instalações, porém, dentre eles destacam-se as roupas utilizadas nos manequins forjados e o plástico utilizado para seus respectivos preenchimentos. Jenkins já teve suas obras publicadas em grandes jornais e revistas como Time Out, The Washington Post e o The Independent, além de menções no livro Hidden Track: How Visual Culture is Going Places .

O artista já esteve no Brasil mostrando seu trabalho em galerias e em ambientes fechados, onde fora altamente elogiado por ensinar o processo de criação de suas instalações através de workshops especialmente organizados para a sua presença.

Portfólio: xmarkjenkinsx.com

Portfólio: xmarkjenkinsx.com