Arquivo para movimento artístico

As Surreais Montagens de Billy Anjing

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/10/2010 by Adriana Almeida

O Surrealismo, movimento artístico surgido na década de 1920 que combina o abstrato, o irreal e o inconsciente, tem recebido cada vez mais frequentemente roupagens contemporâneas atreladas às angustias do homem do século 21. A colagem (e sua releitura atual, a montagem digital) sempre foi uma das técnicas do surrealismo mais características, justamente por propiciar a fuga do óbvio, a leitura literal das idéias inconscientes e um caminho aberto para o simbolismo.

Em Bandung, na Indonésia, Billy Anging tem feito uma interessante leitura do surrealismo em si, e da técnica da colagem,com peças extremamente significativas, oníricas e cujos títulos encontram reflexo em nossos pensamentos, preocupações e angústias mais atuais.

Portfólio: billyanjing.deviantart.com

Portfólio: billyanjing.deviantart.com

Sandalism: Quando a Areia Ganha Vida

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/08/2010 by Adriana Almeida

Em Londres, seja na calada da noite ou em eventos mega badalados, uma nova forma de arte, ou melhor dizendo, uma velha forma de arte ganha ares contemporâneos e um novo nome. Os velhos castelos na areia se modernizaram e agora se chamam Sandalism, uma junção de Sand (areia) com vandalismo, mas um “vandalismo” saudável e artístico…

Um belo dia, ao chegarem para trabalhar, operários inglêses encontram seus montes de areia para construção, transformados em verdadeiras obras de arte, sem terem sequer a menor idéia de como elas haviam surgido. As esculturas feitas de areia ganharam a atenção do público e da mídia, se tornaram um movimento artístico e maravilharam operários, transeuntes locais e turistas pelos últimos 2 anos, quando o movimento parece ter começado.

As esculturas são efêmeras, desfeitas pelo vento ou pelo trabalho que recomeça no dia seguinte, mas falam diretamente ao público que passa atribulado por seu cotidiano, e desperta sorrisos de encantamento e admiração no meio de dias cinzas. Zara Gaza, uma das expoentes desse movimento, orgulhosa de provocar sorrisos nos moradores londrinos diz: “Sempre fui interessada em arte de rua e em algo que as pessoas tivessem fácil acesso”.

Portfólio: sandalism.co.uk

Portfólio: sandalism.co.uk

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

As Divertidas e Misteriosas Colagens de Merrick Angle

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/08/2010 by Adriana Almeida

O ilustrador Freelancer inglês Merrick Angle, que atualmente mora na França, faz o velho cortar e colar se utilizando de imagens retrô, muita imaginação e técnicas modernas de finalização.

Os Cubistas Pablo Picasso e Georges Braque já se utilizavam desse recurso de colar materiais externos à pintura/ilustração e criar peças inteiramente novas, com efeitos de textura e profundidade complemente diferentes do que seria possível sem essa técnica. Desde então, a colagem tem sido atualizada e reinventada, sobrevivendo a diversos movimentos artísticos, sempre com uma nova leitura.

Brincando com diferentes cores e texturas e o uso de linhas retas ao lado de linhas irregulares, Merrick Angle obtém um resultado é vivo, instigante e muito contemporâneo: velhas imagens contando novas questões. Mas talvez o mais interessante de sua obra seja o uso de símbolos matemáticos, latitudes e longitudes e constelações, como quem esconde um segredo nas entrelinhas de sua obra. Tudo isso, somado à seleção de pedaços de inusitadas fotos antigas, compõe um trabalho rico em complexidade.

Portfólio: blog.merrickangle.com

Portfólio: blog.merrickangle.com

Livros - Submarino.com.br