Arquivo para metal

Nelson Mandela, o Lutador pela Liberdade, Instalação de Marco Cianfanelli

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/09/2012 by Bronx1985

Interessado na Arte que rompe paradigmas e que orienta o sentido de complexidade do presente, o artista plástico sul africano de Johannesburg, Marco Cianfanelli ,de fato concretiza suas intenções, visto que o mesmo apresenta-nos (aqui no blog em destaque) sua incrível instalação/escultura em homenagem a um dos maiores ícones da cultura do continente africano e sua luta pela liberdade de seu povo, o icônico Nelson Mandela.

Com quase 10 metros de altura, 5 metros de largura e mais de 20 metros de extensão se somadas as placas utilizadas, a instalação Nelson Mandela de Marco Cianfanelli reproduz de modo tão fiel quanto contemporâneo a silhueta facial do herói citado, de modo que para todo o tempo o mesmo seja lembrado pelos seus feitos e que desta forma todos os habitantes do continente africano percebem a importância de lutarem por seus ideias, ainda mais quando estes forem destinados a um bem maior que visa o bem social de muitos outros espalhados por aí.

Envolvendo o mundo em termos de sistemas em vez de objetos discretos, fato é que a instalação de Cianfanelli rompe as barreiras do óbvio e ordinário e talvez represente sim de modo fiel a importância de Nelson Mandela para a África, visto que suas interessantes dimensões fazem jus ao tamanho da obra concretizada ao mártir negro sul africano.

Portfólio: marcocianfanelli.com

Portfólio: marcocianfanelli.com

O Futuro Contemporâneo das Instalações de Michel de Broin

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/06/2011 by Bronx1985

Consternado em questões reflexivas acerca do homem moderno e sua inteiração com o meio em que faz parte, o artista plástico canadense Michel de Broin e suas brilhantes instalações são o que há de mais contemporâneo, bem humorado e ao mesmo tempo crítico na esfera das Artes.

Através do inteligente uso dos mais diferenciados tipos de materiais, como madeira, metal e plástico, de Broin cria os mais inusitados objetos artísticos para depois os instalar não tão somente em galerias de arte, mas também em grandes centros urbanos, despertando nos observadores a curiosidade a aguçando a sensibilidade para um reflexão acerca dos motivos de estarem ali e até mesmo o que representam para o meio social como um todo.

Conhecido no mundo inteiro pela sua genialidade e aprimorado senso estético, o canadense é sempre destaque em galerias e convenções de arte contemporânea pelo mundo, suas instalações, que podem se resumir a minúsculos objetos ou tratarem-se de enormes representações, são exclusivas e sempre destacam-se no meio que se encontram inseridas por destoarem do óbvio e levarem às pessoas uma nova concepção de visão de rotina, atitude e responsabilidade.

Portfólio: micheldebroin.org

Portfólio: micheldebroin.org

A Transformação e Paradoxo das Esculturas de Matt Johnson

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/10/2010 by Bronx1985

Em caminho oposto ao comum, sério e uniforme, as esculturas do norte americano Matt Johnson seguem explícitas tendências de transformação, humor e estranha, para não dizer bizarra, contemporaneidade.

Esculpidas nos mais diferentes e ímpares matérias primas, que vai desde alimentos, passa pela madeira e termina em metais, os objetos artísticos de Johnson distinguem-se e tornan-se únicos no cenário da estética em arte por propagarem de maneira positiva e direta o quanto as formas e representações podem ser, ao mesmo tempo em um interessante transição, divertidas e sérias.

Portfólio: alisonjacquesgallery.com/MattJohnson

Portfólio: alisonjacquesgallery.com/MattJohnson

Desenhando em Metal: as Instalações de Frank Plant

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/07/2010 by Adriana Almeida

Frank Plant é um americano que vive em Barcelona. Estudou escultura na Universidade de Artes, na Filadélfia e também estudou um ano no “Studio Art Centers International” em Florença, Itália. Trabalhou por um tempo fazendo cenografia teatro e dança, sem deixar de lado seu trabalho como escultor. Por volta de 1993, ele começou a desenvolver seus desenhos em aço: uma técnica inovadora que Frank passou a dominar. Em 1999 mudou-se para Barcelona, onde vive no momento. Seu trabalho pode ser encontrado em coleções públicas e privadas em toda a Europa e América do Norte.

Usando aço soldado e compondo com objetos do cotidiano, Frank monta peças extremamente objetivas e claras, onde delineia formas tridimensionais que são verdadeiras análises sociológicas, mas de uma forma descompromissada e nada pedante. Em seus trabalhos mais recentes, há também o uso de fotografia e pintura, pedaços de madeira, fontes de luz, motores, sensores, e mesmo a produção de som e música como parte integrante de suas esculturas, montando peças cada vez mais interativas.

Suas instalações são provocativas, engajadas, contemporâneas. Mais do que contar uma história, marcam uma posição. Dizem algo de quem a fez, da época em que foram feitas e de quem possui a peça, numa espécie de cartão de visitas artístico que faz uma declaração sócio-política e diz ao mundo a que veio. Compondo peças por vezes peças divertidas e engraçadas, em outras vezes, complexas críticas sociais, Frank é literalmente um artista de seu tempo que ousa brincar com a modernidade.

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

O minimalismo superlativo das instalações de Do Ho Suh

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/07/2010 by Bronx1985

Sul coreano proveniente de Seoul, formado em Artes e Pintura Oriental pela Seoul National University, Do Ho Suh é responsável por uma série de instalações tão expansivas em representatividade quanto minimalistas por essência.

 Através do uso inteligente dos mais diferentes tipos de materiais, como plásticos moldados, perfilações de metais, madeira e compensados, dentre outros, Ho Suh dá forma as mais inusitadas e contemporâneas peças de arte, estas que chamam a atenção dos visitantes pelas suas complexas intenções, seus relativos objetivos indiretos e, mais que tudo, pela múltipla capacidade de interpretações que as mesmas são inseridas, tudo em um contexto mutável e predominado por mensagens indiretas.

Outra característica tão marcante quanto peculiar às instalações de Ho Suh é a sua aguçada sensibilidade para com a escala métrica das partes e peças das suas obras, que por vezes são compostas de pequeninas e delicadas peças figurativas e por outras vezes são exageradas em proporções e magnitude, tudo em perfeita harmonia, de modo a se completarem e darem todo o sentido conceitual que suas obras predispõem-se à.

Portfólio: lehmannmaupin.com/do-ho-suh

Portfólio: lehmannmaupin.com/do-ho-suh

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

Manowar @ Credicard Hall, SP – 2010

Posted in VIDEOBLOG with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 10/05/2010 by Bronx1985

Além da tradicional maré de camisetas pretas que invadiu o Credicard Hall, em São Paulo, nesta sexta-feira (7/05), a noite regada de metal do Manowar ganhou alguns extras para empolgar o público, cerca de 6,3 mil. Fora os intermináveis banhos de cerveja, air guitars e chicoteadas com os cabelos dos headbangers, o grupo ainda levou ao palco um grupo de quatro garotas que se despiram para o deleite dos fãs e um sortudo que tocou guitarra junto com a banda.

Abrindo com Hand of Doom, o quarteto não fez cerimônia e já atacou com uma sequência de canções pesadas: Call To Arms e Die With Honor. Em um intervalo mais “místico”, Swords In The Wind fez uma pausa para todos os metaleiros erguerem seus celuares e cantarem em uníssono com Eric Adams.

a banda seguiu apostando em suas canções metaleiras, mas sempre priorizando canções da atual turnê, baseada nos discos God of War, de 2007, e no EP Thunder In The Sky, de 2009. A ausência de alguns clássicos como Battle Hymn, Blow Your Speakers e Carry On deixou nitidamente alguns fãs fervorosos exaltados que deixaram o show mais cedo. Mas nada que atrapalhasse o show.

De Gods of War, o grupo tocou canções como King of Kings, Loki God of Fire e Sons of Odin. A escolha por priorizar músicas novas causou até uma movimentação em redes sociais e blogs na internet. Muitos fãs criticaram a opção do Manowar e chegaram a desencorajar os seguidores que planejam conferir os shows do Rio de Janeiro (8/05) e Belo Horizonte (9/05). Cada um na sua.

Site Oficial: manowar.com

Resenha origianl: terra.com.br/musica

Site Oficial: manowar.com

Resenha origianl: terra.com.br/musica

Livros - Submarino.com.br

A essência cult das esculturas de Jessica Joslin

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/05/2010 by Bronx1985

Americana natural de Boston, porém hoje residente em Chicago, EUA, Jessica Joslin é perita na arte de manufaturar as mais diferentes e controversas esculturas, dadas as inusitadas matérias primas utilizadas junto as mesmas, como ossos de animais, metais diversos e tintas plásticas. Através de uma técnica singular de união dos materiais acima citados através de solda e/ou cola, Joslin vai dando forma as mais diferentes e criativas representações de animais (criaturas), estes sempre extraídos da sua fértil e produtiva imaginação.

Famosas no cenário artístico cult e sempre em constantes exposições nas galerias modernas de apelo mais alternativo, as esculturas de Joslin são de natureza gótica, embora mesmo assim preservem leves traços serenos, que de alguma forma ou outra nos remetem a delicadeza e sensibilidade das peças, bem como da escultora em si.

Nos raros momentos em que Joslin não se encontra criando suas únicas esculturas, ela pode ser encontrada ocupando-se da fabricação de protótipos de brinquedos para a industria infantil, que, dadas as aparências das suas esculturas, no mínimo também únicos devem ser!!

Portfólio: jessicajoslin.com

Portfólio: jessicajoslin.com

Livros - Submarino.com.br