Arquivo para Marinha

As necessárias esculturas submarinas de Jason de Caires Taylor

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/04/2010 by Bronx1985

Jason de Caires Taylor é conhecido no mundo inteiro por ser pioneiro na arte de repovoar o fundo do mar (criação de recifes artificiais) através da introdução  de esculturas de temáticas diversas. Filho de pais ingleses, Taylor graduou-se em 1998 pela de Camberwell College of Arts, University of Arts de Londres, com um BAHonours em Escultura e Cerâmica, além de também ser instrutor de mergulho, naturalista submarino e premiado fotógrafo subaquático com mais de 14 anos de experiência de mergulho em vários países.

Em maio de 2006, ele ganhou reconhecimento internacional pela criação do primeiro parque subaquático de esculturas em Granada, nas Antilhas. Suas esculturas submarinas são projetadas para servirem-se de recifes artificiais para a vida marinha habitar e colonizar.

As obras do inglês se envolvem com a visão das possibilidades de um futuro sustentável, retratando a intervenção humana como positiva e afirmativa. Com base na tradição de imagens figurativas, o objetivo do trabalho de Taylor é tratar com o público visitante a questão crucial da proteção ao meio ambiente subaquático através das fronteiras do mundo da arte. No entanto, fundamental para compreender sua obra é o fato de que ela encarna a esperança e otimismo da natureza regenerativa transformadora.

Portfólio: underwatersculpture.com

Portfólio: underwatersculpture.com

As esculturas recicladas de Joe Pogan

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 14/04/2010 by Bronx1985

Joe Pogan é nativo de Oregon, EUA, mas atualmente reside e executa suas esculturas em Aloha, também EUA. Após cumprir quatro anos na Marinha, passou a estudar artes e técnicas de solda de metais, daí foram mais de vinte anos como soldador profissional,  onde dedicou-se a exigente função de soldar peças de alumínio para a confecção de quadros de mountain bikes.

Não contente com a direção que sua vida profissional e pessoal tomava, um dia Pogan teve a brilhante idéia de utilizar a sua combinação única de experiência de solda e seu individual talento artístico para nos últimos anos criar uma incrível variedade de esculturas de animais (pássaros e peixes na grande maioria) através da utilização de metais diversos encontrados em lixos de indústrias, oficinas e casas residênciais.

Como obra final, Pogan cria inusitadas obras primas que, além de fazerem reais críticas ao desperdício e não reciclagem de metais por parte das sociedades, fazem menções diretas à destruição da flora e fauna por parte do crescimento desorganizado do modo de vida capitalista consumista das culturas ocidentais modernas.

Portfólio: joepogan.com

Portfólio: joepogan.com