Arquivo para manipular

O Nú, Semi-Nú e Vestimentas de Frutas de Wax

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/07/2010 by Bronx1985

Em uma parceria com a rede canadense de supermercados Calgary Farmers Market, a agência de marketing, também canadense, Wax produziu e divulga um dos mais criativos agentes publicitários já feitos para a mídia local. Através de muita criatividade e uma técnica não muito complexa de edição de imagens via Photoshop, dá-se vazão a um tão bem humorado quanto inusitado foto ensaio de frutas e legumes diversos que remetem as mais singelas intenções e rotinas de nós seres humanos.

Com o intuito primordial de despertar nos observadores o desejo de consumismo atrelado a uma curiosidade intrínseca acerca das intenções do proposto em relação ao confabulado, porém as propagandas da agência Wax vão além, exercem de forma tão satisfatória quanto plena todas as questões envoltas de um marketing agressivo acerca de produtos tão ordinários quanto os lugares que se predispõem a vendê-los.

Portfólio: waxpartnership.com

Portfólio: waxpartnership.com

Livros - Submarino.com.br

O projeto “Oldification” de Dave Barnes

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/05/2010 by Bronx1985

 Artista canadense de extremo talento para o expressionismo da arte, Dave Barnes envolve a prática de transformar o conceito moderno de revelar um clima nostálgico, por vezes referido como “Oldification”.

Através do uso super inteligente dos mais diferentes tipos de materiais, destaco aqui elementos reciclados, tintas plásticas manipuladas de modo a se desbotarem e papéis diversos (revistas e jornais na maioria), Barnes produz as mais modernas e inusitadas obras, estando as mesmas sempre atreladas à muito bom humor, críticas e mensagens subliminares, elementos estes intrínsecos a personalidade do artista.

Questionado sobre os reais motivos de uma arte tão “estranha” e interessante, o canadense foi meticuloso ao responder:

_Vou tentar usar a arte como uma tradução da experiência e observação de que deriva a inspiração do ambiente e da memória.

Portfólio: davebarnes.ca

Portfólio: davebarnes.ca

Livros - Submarino.com.br