Arquivo para interação

Pinturas Tridimensionais, O Fantástico Mundo de 3D Joe And Max

Posted in PINTURAS, VIDEOBLOG with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/11/2011 by Bronx1985

Recentemente incluído nos Guinness World Records como a mais larga e comprida pintura tridimensionais do mundo, o trabalho dos britânicos Joe e Max sob a alcunha do selo “3D Joe And Max” de fato chama a atenção não tão somente pelas grandiosas proporções, mas também pelo incrível detalhamento de representações expostas, difusões de cores tão vivas quanto bem aplicadas e interessante bom humor agregado as obras.

Com trabalhos executados que chegam a demorar mais de semanas para ficarem prontos, a dupla inglesa é referência mundial tratando-se de pintura anamórfica tridimensional, sendo os mesmos requisitados por galerias, demais envolvidos e amantes de artes por todo o mundo para exporem e divulgarem suas composições pintadas.

Sempre encorajando a interação das pessoas que se deparam com suas obras de modo a comporem os fantásticos cenários criados, era de se esperar que a lista de clientes de 3D Joe And Max fosse composta por clientes de peso e renome mundial, dentro os quais destaco aqui o Google, a M&C Saatchi, a BBC e até mesmo fundos de ordem humanitária como a fundação Save the Children.

Portfólio: 3djoeandmax.com

Portfólio: 3djoeandmax.com

VEJA TAMBÉM: O Projeto Caverna de Edgar Mueller

Contos da Vida Selvagem, as Premiadas Fotografias de Stefano Unterthiner‏

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 09/08/2011 by Bronx1985

Crescido em uma pequena aldeia nas montanhas ao noroeste da Itália, Stefano Unterthiner passou seus primeiros anos fotografando no Gran Paradiso National Park e em torno das montanhas bonitas da região do Vale de Aosta. Com 17 anos e já certo da sua paixão pela fotografia, passou a estudar zoologia e, no outono de 2000, obteve um Ph.D. da Universidade de Aberdeen, na Escócia. Após completar seus estudos, Unterthiner retornou à Itália e iniciou sua carreira como um zoólogo. Mas sua câmera estava sempre ao seu lado, e não demorou muito para que sua paixão se transformasse em um estilo de vida.
Através de paciência, um bem resolvido aparato tecnológico fotográfico e muito respeito à vida selvagem, Unterthiner é capaz de capturar as mais incríveis e estonteantes imagens de animais em seus habitat naturais.
Seu primeiro prêmio veio em 2000, quando Unterthiner ganhou o prestigioso “Mario Pastore”, prêmio de melhor jovem jornalista ambiental italiano. Unterthiner agora viaja regularmente ao redor do mundo em busca de novos temas para suas histórias de fotografia. Ele é especialista em contar as histórias de vida dos animais, vivendo em contato próximo com a sua espécie escolhida por longos períodos. Ele também tem um forte compromisso com a conservação da vida silvestre e às questões ambientais, com um interesse particular nas interações entre pessoas e animais.
Portfólio: stefanounterthiner.com

Portfólio: stefanounterthiner.com

“Mobiliário para Gigantes”, As Instalações de Robert Therrien

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/08/2010 by Bronx1985

Ele é norte americano de Chicago e atualmente exerce sua profissão de artista plástico em Los Angeles, mas suas obras encontram-se em evidência pelos mais diferentes e renomados centros urbanos de propagação de arte contemporânea do planeta, como Gagosian Gallery, Los Angeles County Museum of Art, Museum Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madrid and the Museum of Contemporary Art, Museum of Contemporary Art San Diego, Albright-Knox Art Gallery e Kunstmuseum Basel, dadas as inúmeras características estéticas que suas instalações representam em questões de inovadorismo, humor e críticas intrínsecas ao óbvio e ordinário.

Seu mais recente projeto, intitulado Mobiliário para Gigantes, consiste em uma tão interessante quanto inusitada instalação com fins de transpor para o campo do visual mobiliários comuns em escala super redimensionada, de modo a despertar nos observadores um link entre todas as questões envoltas de um refletir sobre a magnitude da importância do espaço físico e nossa interação com este meio.

Portfólio: gagosian.com/robert-therrien

Portfólio: gagosian.com/robert-therrien

Livros - Submarino.com.br

O Realismo Fantástico de Tom Bagshaw (Mostlywanted)

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/08/2010 by Adriana Almeida

Sob a alcunha de MostlyWanted,Tom Bagshaw é um artista que comanda uma agência de ilustrações em Londres, tendo entre seus clientes nomes de peso da moda, publicidade e editorial, como Saatchi & Saatchi, a Sony, a BBC, a Deca, Kraft e GQ, e já fez capas de várias publicações como Future Publishing, Scholastic e Random House.

Seu estilo, que mescla pinturas incrivelmente realistas com elementos gráficos inusitados, peculiares e eventualmente humorísticos, fazem de sua obra algo quase que único no cenário da arte atual. O efeito salta aos olhos, destaca a obra e incita o imaginário a viajar nas referências míticas que brincam de esconde esconde com o observador.

Seus trabalhos beiram o psicodélico, ao criar composições bizarras do real e do imaginário, e destacar os objetos reais quase como se fossem intrusos à cena imaginária composta no background, e ainda assim, parte dessa cena, interagindo com ela, lembrando pelo conceito o realismo fantástico da literatura e nos levando por uma intrigante viagem ao mundo dos sonhos.

Portfólio: mostlywanted.com

Portfólio: mostlywanted.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

“Dentro Da Floresta”, as esculturas de Jill E. Ryan

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/05/2010 by Bronx1985

“Uma pessoa apaixonada, extremamente emotiva e intuitiva.” Estas são as palavras da artista norte americana Jill E. Ryan sobre ela mesma, porém prefiro trata-lá aqui como uma escultora engajada, criativa e dotada de muita sensibilidade e técnica para o manuseio de materiais orgânicos diversos, em destaque a madeira.

Jill E. Ryan especializou-se na arte de inserir, da forma mais harmoniosa e, por vezes, bizarra possível, singulares  esculturas dentro das mais densas florestas existentes no planeta Terra.

Com o singelo propósito único de suprir suas necessidades pessoais artísticas, as esculturas de Jill E. Ryan  proporcionam aos exploradores florestais um experiência única de interação com este meio natural,suas obras tornaram-se capazes de chamar a atenção para as mais variadas problemáticas envoltas da fauna, como, por exemplo, a questão do exercer uma responsabilidade socioambiental por parte das autoridades e sociedades que vivem e dependem das florestas aos seus arredores.

Portfólio: intotheforest.net

Portfólio: intotheforest.net

Livros - Submarino.com.br