Arquivo para iluminação

Luzes da Noruega, As Instalações de Rune Guneriussen

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 15/06/2011 by Bronx1985

Iluminada de natureza pela sua geografia local, intelecto da população e histórias de conquistas, a Noruega, país natal do artista Rune Guneriussen, foi palco destas instalações de cunho tão poético quanto artístico que se definem em representar toda a luz que este país exerce sobre a Europa e mundo contemporâneo.

Como um artista conceitual, Guneriussen trabalha na transição entre a instalação e fotografia, onde o isolamento de objetos é entregue às instalações. Através de um paciente trabalho de disposição de luminárias ao redor de paisagens meticulosamente escolhidas pelas vistas, cores e demais características geográficas, a iluminação de Guneriussen vai além das questões estéticas óbvias e permite-nos a reflexão até mesmo acerca da importância da nossa conscientização socioambiental em questões de preservação da natureza.

Portfólio: runeguneriussen.no

Portfólio: runeguneriussen.no

As Incríveis e Detalhadas Pinturas Ultra Realistas de Robin Eley

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/04/2011 by Bronx1985

Imparmente expostas em um contexto onde de confundem com a realidade que se predispõem a representar, as pinturas ultra realistas do artista inglês Robin Eley são o que há de mais sincero e fiel no mundo do óleo sobre tela.

Executadas de maneira tão paciente quanto meticulosa, as obras Eley se destacam pelo sucesso do pintor no emprego da técnica de pintura realista, expondo a intimidade do pintor com o pincel através do magnífico contraste de cores, texturas, sombra/iluminação e, por assim dizer, a interação entre quente e frio.

Dado o talento do inglês, era de se esperar que já tivesse sido condecorado com algum prêmio em Arte pela crítica especializada, seguem alguns de destaque: Emerging Artist Award 2008, Rip It Up Magazine; Star Portraits 2010, RSASA Spring Exhibition; Highly Commended Award 2010, Doug Moran National Portrait Prize for “Self Portrait”.

Portfólio: robineley.com

Portfólio: robineley.com

A Fiel Subjetividade dos Retratos de Noah Kalina

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/02/2011 by Adriana Almeida

Durante 6 anos (11/1/2000 à 31/7/2006), por todos os dias, Noah Kalina tirou uma foto de si mesmo resultando em um vídeo disponível no Youtube, na série de auto-retratos chamada Everyday. Por esse feito, ele ganhou notoriedade. O projeto, condizente com os tempos modernos tão auto-centrados, foi grandioso e possui vários sentidos subjacentes que fazem jus a fama, como a inexorável passagem do tempo. Entretanto Noah merece o reconhecimento por bem mais que isso: ele é um fotógrafo primoroso, coisa que não é possível atestar, até pela natureza coloquial do projeto, no vídeo Everyday (ver abaixo).

Todas as suas fotografias valem a pena serem conferidas. Projetos como o Internet/sex são únicos e extremamente criativos e suas fotos de cenas, por exemplo, tem um enquadramento e escolhas de objeto no mínimo interessantes, mas destaco aqui seus retratos (portraits). Retratos são complicados: não se trata de fotografar em primeiro plano uma pessoa ou um grupo, pois isso, todo mundo pode fazer e não necessariamente se enquadrar como arte. Retratos precisam fazer o que seu nome indica e retratar com precisão a pessoa fotografada, declarando algo sobre ela de forma única e característica. E as fotografias de Noah fazem isso. É possível conhecer um pouco sobre cada uma das pessoas fotografadas apenas pela escolha do ângulo, local, enquadramento, iluminação, tornando a fotografia de fato relevante como memento e como obra de arte.

Portfólio: noahkalina.com

O projeto Everyday:

Portfólio: noahkalina.com

A Declaração Poética da Natureza e a Tecnologia, A Instalação “Luminous Terra Grid” de Stuart Williams

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/02/2011 by Bronx1985

A Instalação artística  intitulada “Luminous Terra Grid” consiste numa matriz de 1.680 lâmpadas fluorescentes de baixo consumo energético que varre mais de 10 hectares de paisagem ondulante a 50 quilômetros ao norte de San Francisco. Pensada, idealizada e divulgada  pelo artista contemporânea nova iorquino Stuart Williams e sob patrocínio da The New York Foundation for the Arts e Intersection for the Arts (São Francisco).

Em poucas e sinceras palavras, a instalação de Williams consiste basicamente em uma declaração poética sobre a harmonia de potencial entre a tecnologia e a natureza e todos os desafios do homem na capacitação de novos recursos renováveis e amigos do meio ambiente. Durante um período de cinco anos, Williams lançou uma campanha de angariação de fundos em todo o Norte da Califórnia para fins de concretização da instalação, arrecadou cerca de meio milhão de dólares e foi aclamado pela crítica em todo o mundo, atraindo dezenas de milhares de visitantes e promovendo a idéia de uma vida sustentável em termos de responsabilidade ecosocial. 

Portfólio: behance.net/luminous-earth-grid

Portfólio: behance.net/luminous-earth-grid

A Luz Invasiva da Arte de Levi Jackson

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 06/01/2011 by Bronx1985

Invasiva pelo fato da sua presença ser tão explícita quanto necessária à vida humana e manutenção do meio em que vivemos, este é o contexto em que se inseri as instalações do artista plástico contemporâneo Levi Jackson. A luz, fonte de vida como conhecemos, todo uma nova função e representação nas mãos de Jackson, tudo em interessante e, por assim dizer, estranha harmonia com o intencionado pelo autor.

Através de uma peculiar técnica de posicionamento de objetos emissores de luz em pontos pré-determinados do meio natural e posterior captação de imagens (fotografias), fotos estas então manipuladas via Photoshop e afins, o norte americano da vazão a uma nova percepção sobre o quão espetacular é a luz em nossas vidas, despertando nos observadores sentimentos e reflexões tão ímpares quanto as instalações do cara, destaco aqui o sentimento de preservação do meio ambiente natural gerador desta luz e a real importância da iluminação para a manutenção de nossas rotinas modernas como conhecemos e praticamos hoje.

Portfólio: levij.com

Portfólio: levij.com

Juan Francisco Casas: Na Ponta da Bic

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/11/2010 by Adriana Almeida

Juan Francisco Casas é um pintor espanhol que fotografa o mundo em sua forma mais espontânea e divertida e depois o retrata em realismo absoluto no óleo sobre tela com um talento impressionante (e não deixe de conferir essa faceta de seu trabalho em seu portfólio! ). Ou ao menos esse é o artista que ele possivelmente desejava ser e revelar ao mundo. Mas não foi exatamente assim que Juan se tornou famoso. Ele é conhecido por outra técnica, incomum no meio profissional da arte, mas bastante conhecida dos desenhistas amadores de beirada de caderno escolar. Ele finaliza diversos trabalhos baseado em suas divertidas fotografias com caneta Bic, aquela que todo mundo tem uma em casa e já arriscou um arabesco ou dois no canto de um folha em branco.

O resultado é de tirar o fôlego. As divertidas fotos que geram o produto final ajudam a dar interesse ao trabalho de Juan, mas o que realmente chama a atenção é a noção absoluta de profundidade e iluminação, e o extremo realismo obtido não por pinceladas multicoloridas e precisas, coisa que outros artistas, inclusive o próprio Juan, dominam bem, mas pela ponta monocromática de uma caneta esferográfica. A primeira vista, parecem apenas fotografias cujas cores foram retiradas e substituídas pelos conhecidos tons de azul ou preto da tal da caneta, mas acreditem, foram feitas linha a linha, ponto a ponto, detalhe a detalhe na ponta da Bic. É ver para crer.

Porftólio: Juanfranciscocasas.com

Porftólio: Juanfranciscocasas.com

O Mundo Desvelado, por Maciej Koniuszy

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/08/2010 by Adriana Almeida

O mundo está la fora para ser desvelado e de certa forma, é trabalho do fotógrafo fazer isso, em uma espécie de debate entre o objeto, quem o fotografa e quem vê a fotografia. É assim que Maciej Koniuszy, um fotógrafo polonês, define sua arte: “Quando eu levo a câmera na minha mão, o que eu desejo é descobrir o que está oculto. Ocultar banalidade, redescobrir vulgaridade. Para transformar, modificar, para surpreender.

Maciej fotografa paisagens urbanas ou naturais, e com uma perspectiva criativa, ele revela significados ocultos nas paisagens corriqueiras, colocando poesia no dia a dia. Apesar de ser extremamente bem sucedido em retratar as cores do mundo, são suas fotografias em P&B que merecem maior destaque. Ricas em contraste e aproveitando a luz natural de forma surpreendente, as fotos de Maciej são composições ricas em conteúdo emocional, mostrando não só como o mundo é, mas como o vemos e como ele deveria ser.

Portfólio: koniuszy.com

Portfólio: koniuszy.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br