Arquivo para histórias

Moldando o Mundo: A Arte de Erik Johansson

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 25/10/2010 by Adriana Almeida

O jovem fotógrafo freelancer sueco Erik Johansson é especializado no que ele chama de retoque: a fotomanipulação levada a um novo patamar. Erik estuda engenharia da computação e faz mestrado em Design interativo, e usa todo esse conhecimento técnico para dar forma ao que é puro talento e criatividade, criando imagens onde o irreal e o real são indistinguíveis, e que nos leva a um mundo onde o impossível inexiste.

Mas as imagens de Erik fazem mais do que serem criativas e desafiarem as leis da física: elas nos contam histórias, nos falam sobre nosso inconsciente, nossos medos e nossos sonhos e nos fazem pensar. Não é a toa que seu trabalho tem aparecido em revistas ao redor de todo mundo: Rússia (Megafon de out 2009), Turkia (Photoshop Magazin 47 e 48), Brasil (Imagine de out 2009), Argentina (Users Digital Design #2), só pra citar algumas de uma longa lista.  Armado de sua Canon e do Photoshop, o mundo se dobra e se molda sob a criatividade de Erik Johansson.

Portfólio: alltelleringet.com

Portfólio: alltelleringet.com

Ricardo Newton e o Realismo Antropológico

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 02/08/2010 by Adriana Almeida

O professor de Desenho e Pintura da Escola de Belas Artes da UFRJ, Ricardo Newton, é nascido e criado no Rio de Janeiro, e pinta o cotidiano, a urbanidade, o Rio de Janeiro. Com uma estética realista mas que não se fecha em si mesma, sua obra parece estar cheia de reticências, como quem conta a primeira frase da história e espera o interlocutor a completar. Trabalhando normalmente com óleo sobre tela, Ricardo Newton já realizou várias exposições individuais e participou de inúmeras coletivas.

Em sua obra, homem e meio ambiente – e um meio ambiente que é urbano e contemporâneo – dialogam, trocam idéias e se completam formando cenas a primeira vista banais e corriqueiras, mas cheias de significados em si mesmas, que extrapolam a tela. Ricardo nos obriga a olhar o óbvio e repensá-lo, completando as lacunas da compreensão. Trata-se de um realismo antropológico, que para além de retratar o cotidiano, o estuda, esmiuça, procura por novos ângulos de observação da realidade.

Muitas de suas obras, ao invés de cenas, são recortes, lembrando uma pop-arte sem cores chapadas. Ao contrário: suas cores são tropicais, iluminadas, abertas, realistas. Sua obra nos convida a imaginar, quem é esse que beija sob a chuva, que dá as mãos na mesa do bar, que caminha solitário sob a noite carioca. E ao imaginar suas histórias, elas se confundem com as nossas, e nos vemos retratados em nossas idiossincrasias cotidianas…

Portfólio: ricardonewton.com

Portfólio: ricardonewton.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br