Arquivo para guerra

Banksy na Vida Real, Fotografias de Nick Stern

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/06/2012 by Bronx1985

Conhecido internacionalmente como fotógrafo de renome e de talento impar para a captação de imagens, o inglês Nick Stern, que já visitou mais de 40 países com sua máquina fotográfica, sabe como poucos chamar a atenção das pessoas através da divulgação de foto ensaios tão complexos quanto harmoniosos, se tomarmos como base ângulos, cores, sombras e contextos observados.

Seu mais novo trabalho, intitulado originalmente por “You are not Banksy“, retrata de maneira bem humorada e instigante um dos mais populares e polêmicos grafiteiros do Reino Unido, Banksy. Temas como o homossexualismo, Capitalismo e guerras tomam formas através das lentes de Nick Stern, tudo fielmente retratado de modo a contemplar a genialidade do artista original que as retrata em muros e paredes espalhados pela Europa.

Membro de importantes associações, tais como a Chartered Institute of Journalists, National Press Photographers Association e a British Press Photographers Association, Nick Stern é certeza de parâmetro fotografia e bom gosto e perfeição na manipulação de imagens (Photoshop), visto que em seu site muito mais de seu trabalho encontra-se disponível para apreciação.

Portfólio: nickstern.com

Portfólio: nickstern.com

Violência Vermelha, as Marcantes Fotografias de Richard Mosse

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 17/11/2011 by Bronx1985

Inerente ao ser humano e presente em toda a sua história, a violência é produto das relações sociais e marca para dividir opiniões, crenças religiosas e qualquer outra forma de expressão mundana promovida pelo dinheiro e com fins ao mesmo. Dentro deste contexto de guerras e sangue, o fotógrafo inglês Richard Mosse apresenta-nos seu marcante foto ensaio originalmente intitulado “Infra”, com imagens feitas em Kivu do Norte, região da dita Republica Democrática do Congo, continente africano.

Por si só as imagens transparecem a tensão armada que a região vive, de modo que se observa crianças desde cedo sendo alistadas e juntando-se à rebeldes nesta dita guerra social onde crimes como estupros, assassinatos, saques e destruição da casas e propriedades predominam.

Explicitamente manipuladas em Photoshop a fim de realce da cor vermelho, é intenção nítida do fotógrafo inglês o destaque desta cor que representa o sangue daqueles que perderam ou ainda perderão suas vidas nestes confrontos armados. Sentimentos como o de discórdia, injustiça e desrespeito ao ser humano são trazidos a tona através de uma contemplação mais sincera do trabalho fotográfico de Richard Mosse, visto que suas imagens encontram-se em destaque pelas mais distantes galerias espalhadas pela Europa, América do Norte e até mesmo alguns países do Oriente, ainda que este confronto armado não seja assim destaque em mídias televisivas e impressos jornalísticos.

Portfólio: richardmosse.com

Portfólio: richardmosse.com

Prospectos de Vida e Morte, as Fotografias de Malcolm Browne

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 28/06/2011 by Bronx1985

Nascido e criado em New York, EUA, Malcolm Browne, foi encarregado de reportar à América a Guerra da Indochina em meados de 59 a 61, sempre com muita imparcialidade e fiel devoção ao poder de representatividade que uma imagem tem sob uma nação, Browne sempre foi considerado um devoto da verdade acima de todas as premissas.

Suas fotografias, dentre muitos outros aspectos também nítidos e chocantes, remetem a questões de injustiça social, preconceitos, degradação humana e demais conseqüências de guerras, desigualdades sociais e intolerâncias culturais. Em seu vasto portfólio, sua fotografia de maior destaque (figura 1 abaixo) fora capturada em 1963 e retrata a auto-imolação do monge budista Thich Quang Đức em protesto contra a perseguição do regime vietnamita aos monges e culturas budistas.

Ganhador dos prêmios World Press Photo of the Year (1963) e Pulitzer Prize for International Reporting (1964), Browne mais tarde trabalhou como escritor de ciências, publicando os livros The New Face of War e Muddy Boots and Redsocks, posteriormente voltou a trabalhar no The New YorkTimes,visto que já havia desempenhado funções de fotógrafo nos anos 60 e 70 para o jornal, mas desta vez exerceu a função de manter uma coluna de artigo sobre ciência.

Wikipédia: wikipedia.org/malcolm_browne

As Guerras dos Homens sob as Lentes de Robert Capa

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/05/2011 by Bronx1985

Robert Capa, cujo nome verdadeiro era Endre Ernő Friedmann nasceu em Budapeste no dia 22 de Outubro de 1913, sendo encontrado morto em Thai-Binh, Vietnã, em 25 de Maio de 1954, foi um cidadão húngaro e um dos mais célebres fotógrafos de guerra, Capa cobriu os mais importantes conflitos da primeira metade do século XX: a Guerra Civil Espanhola, a Segunda Guerra Sino-Japonesa, a Segunda Guerra Mundial na Europa (em Londres, na Itália, a Batalha da Normandia em Omaha Beach, e a liberação de Paris), no Norte da África, a Guerra árabe-israelense de 1948 e a Primeira Guerra da Indochina.

Suas fotografias, muito mais do simples registros de guerras, tinham a capacidade ímpar de levar aos observadores muito mais do que se destinavam a representar, Capa se tornou famoso pelos sentimentos que suas fotos possuíam, o húngaro possuía um talento sem precedentes para a captura de emoções humanas em tempos de desgraça e mortes infindáveis.

Em Junho de 1944 participa no desembarque da Normandia, o Dia D. Depois da guerra, com David Seymour, Henri Cartier-Bresson e George Rodger, funda a Agência Magnun (constituída oficialmente em 1947). Nos primeiros tempos, ocupa-se na organização da estrutura, partindo em seguida para o “terreno”.

Capa morreu na Guerra da Indochina, em 25 de maio de 1954, ao pisar sobre uma mina terrestre. Seu corpo foi encontrado com as pernas dilaceradas. A câmera permanecia entre suas mãos.

Agência Magnun

Agência Magnun

O grafite engajado de Banksy

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/02/2010 by Bronx1985

Banksy, embora nunca tenha revelado seu rosto, nem tenha divulgado seu nome completo e sempre pratique seus grafites encapuzado, dadas as inúmeras ocorrências policiais de vandalismo ligadas ao seu nome nos registros ingleses (país de sua origem), é considerado um dos mais populares e engajados grafiteiros do mundo.

O trabalho deste inglês destaca-se não pela qualidade dos seus desenhos, embora  ainda sejam dignos de elogios, dada a riqueza de detalhes e bom gosto na escolha de tintas, mas sim pelas nuas e cruas críticas que os mesmos fazem aos mais diferenciados campos de atuação do Estado, de forma direta e de fácil acesso à população considerada as margens da sociedade capitalista.

Homossexualismo junto às forças policiais, cultura de fabricação de guerras para fins lucrativos, exploração do trabalho infantil e os hábitos frívolos das populações ao redor do planeta são alguns dos temas explorados por Banksy e aqui disponíveis para apreciação.

Banksy, imoral como tinha que ser, no lugar certo!

Veja também: O grafite superlativo de Blu

Potfólio: banksy.com.uk

Potfólio: banksy.com.uk

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br