Arquivo para freelancer

Façanhas e Perspicácias, a série Levitação do Fotógrafo Franck Bohbot

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/07/2011 by Bronx1985

Sobre intitulação original “Levitation”, as fotografias do francês Franck Bohbot confundem num diálogo entre o possível e imaginável, cativam pela harmonia entre representação e suposição e se destacam pelo mix de preto no branco.

Através de uma complexa técnica de fotografismo de modelos em situações pré-ensaiadas em locais públicos, Bohbot leva aos observadores uma interessante perspectiva de pessoas flutuando sobre a paisagem urbana em que se encontram inseridas, de modo a despertam nos mais curiosos sentimentos como o de perplexidade, dentre outros.

Interessado em arquitetura urbana e geografia cosmopolita, Franck Bohbot, que nasceu em Longjumeau e hoje reside em Paris é tido como um peculiar e talentoso fotógrafo francês, dotado de uma intimidade sem precedentes com uma câmera fotográfica, dada sua capacidade de retratar o social humano contemporâneo de uma forma tão perspicácia quanto alternativa, por assim dizer.

Portfólio: franckbohbot.com

Portfólio: franckbohbot.com

A Arte Delicada e Surreal de Miraruido

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 09/11/2010 by Adriana Almeida

Joseba Elorza, aka Miraruido, é um ilustrador freelancer espanhol especializado em montagem e colagem digital. O resultado final é surrealista, extremamente simbólico e ligeiramente retrô, como é normalmente comum a essa técnica específica, mas no trabalho de Miraruido, ela ganha um novo e refrescante aspecto: são obras delicadas, de temáticas extremamente contemporâneas e ao mesmo tempo, atemporais.

Miraruido já trabalhou para clientes como a Esquire magazine, a New Scientist, a Los Angeles Magazine e a Golf Digest, entre outros, mostrando como o seu trabalho pode ser comercial. Mas mesmo em suas peças sob encomenda, ele não compromete seu estilo sensível e subjetivo, e produz peças tão significativas como as de sua coleção pessoal, das quais destaco “Lost” e “ViewPoint” como extremamente representativas do trabalho desse artista.

Portfólio: miraruido.com

Portfólio: miraruido.com

O Surreal e o Contemporâneo sob a Óptica de François Leroy

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/10/2010 by Adriana Almeida

François Leroy é um jovem ilustrador freelancer francês, também conhecido como Travelling,  que faz arte digital, em especial a fotomanipulação. Apesar de ter estudado artes gráficas em Paris, François é basicamente um auto-didata, que faz do photoshop a sua tela, dando vida a interessantes peças que misturam muita cor, vida, surrealismo e contemporaneidade.

Seu início de carreira tem sido promissor: capas e tutoriais para revistas especializadas em photoshop além de ter sido entrevistado por várias publicações do gênero, que reconhecem seu talento e sua técnica em construção. Pode ainda não parecer ser muito, mas com apenas 20 anos e em um mercado repleto de talentos e bastante competitivo, esse reconhecimento não é pouca coisa.

Portfólio: graphic-travelling.com

Portfólio: graphic-travelling.com

Moldando o Mundo: A Arte de Erik Johansson

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 25/10/2010 by Adriana Almeida

O jovem fotógrafo freelancer sueco Erik Johansson é especializado no que ele chama de retoque: a fotomanipulação levada a um novo patamar. Erik estuda engenharia da computação e faz mestrado em Design interativo, e usa todo esse conhecimento técnico para dar forma ao que é puro talento e criatividade, criando imagens onde o irreal e o real são indistinguíveis, e que nos leva a um mundo onde o impossível inexiste.

Mas as imagens de Erik fazem mais do que serem criativas e desafiarem as leis da física: elas nos contam histórias, nos falam sobre nosso inconsciente, nossos medos e nossos sonhos e nos fazem pensar. Não é a toa que seu trabalho tem aparecido em revistas ao redor de todo mundo: Rússia (Megafon de out 2009), Turkia (Photoshop Magazin 47 e 48), Brasil (Imagine de out 2009), Argentina (Users Digital Design #2), só pra citar algumas de uma longa lista.  Armado de sua Canon e do Photoshop, o mundo se dobra e se molda sob a criatividade de Erik Johansson.

Portfólio: alltelleringet.com

Portfólio: alltelleringet.com

Dr. Franken: Arte Digital de Tirar o Fôlego

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 15/10/2010 by Adriana Almeida

Fran Rodrìguez Learte (aka Dr. Franken), formado pela Academia de Belas Artes de Salamanca, é um ilustrador freelancer sediado em Madrid, na Espanha, que junto com Natalia Molinos forma o Nastplas, um grupo especializado em arte digital.

Seu trabalho combina várias técnicas como 3D, airbrush, vetores e fotografia, resultando em um visual moderno e impactante, além de bastante eclético, com peças totalmente futuristas, outras de clara influência gótica e outras ainda bastante minimalistas e repletas de sensibilidade. Muitas vezes, a combinação de tudo isso.  Por serem feitas, ou pelo menos finalizadas, no computador, o único limite é a criatividade, sendo que ao olhar os resultados, a deste artista parece tender ao infinito.

Portfólio: nastplas.com

Portfólio: nastplas.com

Byroglyphics: Caos e Movimento por Russ Mills

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/09/2010 by Adriana Almeida

Russ Mills é um artista inglês formado em Artes Gráficas e Design. Durante algum tempo ele trabalhou como freelancer, e hoje vive das vendas de sua arte em galerias e amostras, tendo seu trabalho, ou versões impressas dele, sido vendido no mundo inteiro.

Russ chama seu portfólio, e por extensão seu trabalho, de Byroglyphics: uma estranha combinação de letras que me lembram hieróglifos, os caracteres da escrita egípcia que possuíam forma de figuras, ou seja, desenhos que contam uma história, literalmente. Da mesma forma, Russ cria uma linguagem própria com seus mistos de ilustração e arte digital (simulando pintura), em um estilo bem característico, cheio de movimento e explosões de caos em um traço fino que lembra, mas supera, o rascunho despretensioso que antecede à obra.

Tudo começa com rascunhos feitos com caneta Bic fina, que Russ prefere usar por serem mais baratas, mais resistentes e, pare ele, tão eficientes quanto outros recursos bem mais caros. Depois a obra é transferida para o Macintosh e trabalhada no photoshop onde ganha um efeito de pintura sem sê-lo. trabalhando em especial com retratos, muitas vezes em close-up, o estático ganha vida em manchas de tinta milimetricamente calculadas ou caoticamente arranjadas e nos contam uma história, levantam uma angústia e imprimem uma emoção.

Portfólio: byroglyphics.com

Portfólio: byroglyphics.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

A arte imponente de Rudy Herczog (Rochr)

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 25/06/2010 by Adriana Almeida

Rudolf (Rudy) Herczog, também conhecido como Rochr, é um aclamado e premiado artista digital sueco. Seu trabalho pode ser encontrado nas páginas das mais conceituadas publicações do gênero, e apesar de ser extremamente disputado, trabalha como freelancer tanto na sua terra natal como no resto do mundo, em trabalhos na área de matte painting (as paisagens digitais que tornam diversos filmes financeiramente viáveis), design de produto, visualização arquitetônica e tutoriais para livros e revistas da área.

Sua paixão por arquitetura e ficção científica é mais do que clara em sua obra: são seus aspectos característicos. Com um nível de detalhamento impressionante até mesmo para outros artistas que fazem modelagem em 3D, Herczog usa programas como o cinema4d, maxwell render, bryce e photoshop para trazer a vida mundos completos, ricos significado, e que são como fotografias de algo que não está lá…  No seu trabalho, realidade e imaginação se tornam indistinguíveis.

Suas obras são amplas, grandiosas, imponentes, e nos remetem àquela sensação da primeira vez que nos vemos frente à conquista do novo (a primeira ida ao mar, o primeiro passo do homem na lua, o último passo na escalada da mais alta montanha…). Sem fôlego frente as suas incríveis paisagens digitais ou intrigados por seus devaneios futuristas, somos transportados para um lugar onde tudo é possível e podemos cumprir nosso destino de grandes feitos.

Portfólio: rochr.com

Portfólio: rochr.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br