Arquivo de francês

Simplicidade Simplista, a Indireta Arte de Fesson Ludovic

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 03/09/2013 by Bronx1985

Instigantes, reflexivas, indiretas e muito simples, assim caracterizo as composições artísticas do francês Fesson Ludovic, interessado explicitamente numa abordagem visual sempre fundamentada em questões da natureza, ecossistema e meio natural como um todo.

Constituídas basicamente de materiais retirados da própria natureza e agora novamente reinseridos em formatação artística, fato é que a arte do francês Fesson Ludovic direta ou indiretamente nos leva ao despertar de sentimentos tão básicos quanto necessários, tais como o da curiosidade, o da dúvida, o de preservação do meio ambiente e o de reciclagem de materiais, dentre muitos outros.

Com um portfólio tão peculiar quanto a sua própria arte, por assim dizer, e matériais em exposição digital tão ímpares quanto as propostas propriamente sugeridas com os mesmos pelo francês, incontestável é o fato de que Fesson Ludovic agrega em nós com a sua arte um importante sentido de novidade e preservação, algo muito na moda ultimamente, porém ainda longe de ser praticado a níveis de perfeição.

Portfólio: behance.net/Wild-idea

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Fesson Ludovic Artwork

Portfólio: behance.net/Wild-idea

Corte e Colagem por Damien Blottière

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 31/01/2011 by Adriana Almeida

O francês Damien Blottière é definido muito mais como diretor e artista visual do que como fotógrafo. O motivo fica claro em seu trabalho para a edição de dezembro/2010 da revista digital Dazed & Confused. Nesse editorial para a Calvin Klein, suas fotos viraram alvo de corte e colagem, numa montagem espetacular que reflete o minimalismo e a complexidade do cliente em questão.

Sobre este trabalho, o autor fala: “O trabalho em colagem é como a pintura, mas com tesoura e cortador. Cortei as linhas e construi formas e rostos em papel (…) a partir da emoção que você tem enquanto fotografa um modelo procurando pelo que está abaixo da superfície. Você tem que atingir a pele para encontrar a sensibilidade“. E Damien acerta em cheio na sensibilidade!

Portfólio: artlistparis.com

Portfólio: artlistparis.com

Hervé Sauvage: Criatividade em Cena

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/12/2010 by Adriana Almeida

Hervé Sauvage é um cenógrafo francês que trabalha em peças editoriais e de publicidade. Em seu currículo, ele tem clientes como a Arjowiggins, Dior, Givenchy, Gucci e Louis Vuitton,entre outros e trabalha com fotógrafos de renome como Grégoire Alexandre, Seroussi Laurent, Mocafico Guido, Franco Musso & Val Luciana, Paolo Roversi, Bellemere David, só para citar alguns.

Seu trabalho exala criatividade. Em sua campanha para a Arjowiggins, por exemplo, Hervé trabalhou com o fotógrafo Grégoire Alexandre e criou uma mistura de dobradura de papeis, design gráfico e fotografia magistral criando verdadeiras obras de arte contemporâneas. Vale a pena uma visita em sua galeria para conhecer seus outros trabalhos.

Portfólio: hervesauvage.com

Portfólio: hervesauvage.com

O Surreal e o Contemporâneo sob a Óptica de François Leroy

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 29/10/2010 by Adriana Almeida

François Leroy é um jovem ilustrador freelancer francês, também conhecido como Travelling,  que faz arte digital, em especial a fotomanipulação. Apesar de ter estudado artes gráficas em Paris, François é basicamente um auto-didata, que faz do photoshop a sua tela, dando vida a interessantes peças que misturam muita cor, vida, surrealismo e contemporaneidade.

Seu início de carreira tem sido promissor: capas e tutoriais para revistas especializadas em photoshop além de ter sido entrevistado por várias publicações do gênero, que reconhecem seu talento e sua técnica em construção. Pode ainda não parecer ser muito, mas com apenas 20 anos e em um mercado repleto de talentos e bastante competitivo, esse reconhecimento não é pouca coisa.

Portfólio: graphic-travelling.com

Portfólio: graphic-travelling.com

Os Foto Ensaios Temáticos de Alain Delorme

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18/09/2010 by Bronx1985

Ele é francês e viaja o mundo a procura de uma paisagem, pessoa, ou fato qualquer que seja digno e fonte para uma fotografia, no mínimo, curiosa.

O foto ensaio aqui em exposição fora clicado em Xangai, na China e revela-nos a tão árdua quanto interessante vida dos carregadores de mercadorias chineses, estes que ganham a vida em cima de bicicletas sempre abarrotadas de produtos diversos à serem entregues nos mais distantes lugares.

Dono de um talento único para a captação de marcantes fotografias, Delorme também é mestre na manipulação digital das mesmas, dados os nítidos realces de cores e luz que se nota em seu fotografismo.

Portfólio: alaindelorme.com

Portfólio: alaindelorme.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

A Arte Sem Fronteiras de Christian Guémy (C215)

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/07/2010 by Adriana Almeida

Christian Guémy, conhecido como C215, faz Stencil Graffiti pelas ruas do mundo. Em meio ao cinza das paisagens urbanas, seu trabalho, de cores vivas ou contrastes intensos, pode ser visto na França, Rússia, Estados Unidos, Inglaterra, Índia, Grécia Brasil… para esse francês, o mundo literalmente não tem fronteiras.

Guémy se diz influenciado por Ernest Pignon-Ernest, o excepcional artista de rua também francês que já na década de 1970 fazia trabalhos espetaculares com stencil e outras técnicas. Sobre seu estilo itinerante, ele diz: “(…) A arte de rua é como o surf, as pessoas nunca devem pintar duas vezes no mesmo lugar e devem viajar para experimentar novas situações, novas leis, novas sociedades e culturas”.

Sua filha Nina – sua maior fonte de inspiração – e seu auto-retrato, além de uma fotografia de Jon Cartwright, são recorrentes ao redor do mundo, mas c215 parece ter um olhar sensível ao ambiente em que trabalha, e seus estencils sempre refletem características da cidade onde está. Neste artigo, selecionamos seus trabalhos feitos nas ruas de São Paulo, mas os convido a visitar a galeria do artista para verem seu impressionante trabalho ao redor do mundo, sempre inspirado pela cultura local somado ao seu estilo característico.

Portfólio: flickr.com/c215

Portfólio: flickr.com/c215

Livros - Submarino.com.br

%d blogueiros gostam disto: