Arquivo para extremo

Penteados D’água, as Curiosas Fotografias de Tim Tadder

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 28/08/2012 by Bronx1985

Norte americano de South Beach (Califórnia), Tim Tadder é, dentre muitas outras coisas, fotógrafo perito em Photoshop. Suas composições extrapolam o limite da razão e se apresentam como o acúmulo do exagero em edição, esta ainda que belamente explorada e bizarra, por assim dizer.

Seus ensaios consistem basicamente em uma técnica simples de fotografismo de um modelo sob ângulo já predeterminado e também sob luz planejada, para então depois dar vazão a sua criatividade, talento e técnica de uso do Photoshop para compor imagens para lá de ilustrativas, bem humoradas e totalmente diferentes daquilo que estamos acostumados a observar no mundo da fotografia digital.

Nítido que é o bom gosto pelo bizarro no seu trabalho, clientes de peso e renome que desejam suas marcas atreladas ao novo e extremo contemporâneo não poderiam faltar no portfólio do norte americano, visto que dentre muitos outros destaco aqui Adidas, Budweiser, Coca Zero, Craftsman e Gatorade; prova de que o cara sabe o que faz.

Portfólio: timtadder.com

Portfólio: timtadder.com

O Extremo Urbano Único dos Grafites de Du Yi a.k.a. DAL

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11/03/2011 by Bronx1985

Imparmente únicos em estilo, os grafites do artista de rua chinês Du Yi (a.k.a DAL) são inspirados na maneira como o mundo se fundamenta e muda sem prévio aviso e pelas emoções humanas e infinito espaço da vida em torno de nós.

Através de uma técnica tão singular quanto curiosa de grafite estilo “Wired”, DAL recria objetos e seres do cotidiano moderno humano, tudo em interessante harmonia com o contexto e local em que estes grafites são apresentados, de modo a naturalmente contrastarem com a paisagem ao redor em que se encontram pintados.

Com obras em destaque nos mais renomados centros de arte chineses e outras demais espalhadas por muros e construções diversas, DAL tem cada vez mais chamado a atenção do mundo ocidental para o seu talento e crítica intrínseca ao mesmo, fruto da sua vontade e dedicação à esta forma de expressão em arte urbana.

Portfólio: daleast.com

Portfólio: daleast.com

Juan Francisco Casas: Na Ponta da Bic

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 08/11/2010 by Adriana Almeida

Juan Francisco Casas é um pintor espanhol que fotografa o mundo em sua forma mais espontânea e divertida e depois o retrata em realismo absoluto no óleo sobre tela com um talento impressionante (e não deixe de conferir essa faceta de seu trabalho em seu portfólio! ). Ou ao menos esse é o artista que ele possivelmente desejava ser e revelar ao mundo. Mas não foi exatamente assim que Juan se tornou famoso. Ele é conhecido por outra técnica, incomum no meio profissional da arte, mas bastante conhecida dos desenhistas amadores de beirada de caderno escolar. Ele finaliza diversos trabalhos baseado em suas divertidas fotografias com caneta Bic, aquela que todo mundo tem uma em casa e já arriscou um arabesco ou dois no canto de um folha em branco.

O resultado é de tirar o fôlego. As divertidas fotos que geram o produto final ajudam a dar interesse ao trabalho de Juan, mas o que realmente chama a atenção é a noção absoluta de profundidade e iluminação, e o extremo realismo obtido não por pinceladas multicoloridas e precisas, coisa que outros artistas, inclusive o próprio Juan, dominam bem, mas pela ponta monocromática de uma caneta esferográfica. A primeira vista, parecem apenas fotografias cujas cores foram retiradas e substituídas pelos conhecidos tons de azul ou preto da tal da caneta, mas acreditem, foram feitas linha a linha, ponto a ponto, detalhe a detalhe na ponta da Bic. É ver para crer.

Porftólio: Juanfranciscocasas.com

Porftólio: Juanfranciscocasas.com

Ali Jabbar e o Minimalismo a Toda Prova

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/11/2010 by Adriana Almeida

Ali Jabbar é um fotógrafo dos Emirados Árabes. Ele também é conhecido por suas incursões na tipografia e no design de marcas, revelando seus múltiplos talentos. Mas seu trabalho de mais destaque é uma série chamada “Public Figures” onde em uma minimalismo levado ao extremo, ele reduz figuras públicas conhecidas aos seus elementos mais essenciais, tornando-os ao mesmo tempo, indistintos e absolutamente reconhecíveis.

A simplicidade do trabalho é seu elemento mais rebuscado: o que faz alguém conhecido? Como se distingue uma marca em meio a tantos elementos? Nós somos reduzíveis a uma marca? Aparentemente sim. Exceto se tivermos vivido em uma caverna por toda a nossa vida, é praticamente impossível bater os olhos nas imagens abaixo e não reconhecer de quem se trata. Mas um olhada mais a fundo nas imagens, revela que os elementos ali presentes poderiam pertencer a qualquer um, mas ao mesmo tempo, são tão característicos daquelas celebridades, que se tornam sua marca.

Portfólio: behance.net/Alijabbar

Portfólio: behance.net/Alijabbar