Arquivo para exposições

A Arte Simbólica e Engajada de Song Benxing

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 02/04/2011 by Adriana Almeida

Song Benxing é chinês e reside na França, e mesmo quando a relação entre esses 2 países não está nos melhores termos, ele é tratado como uma espécie de “queridinho da França”, com diversas exposições por ano, seja individuais, ou como participante em exposições coletivas.

A arte simbólica de Benxing já foi definida “como se Lewis Carroll encontrasse Andy Warhol”. São peças bem humoradas, irônicas, muitas vezes ácidas, incrivelmente pop e simbólicas, mas também são politica e socialmente engajadas. Temas como liberdade de expressão, direitos políticos e sistemas de governo permeiam sua obra, às vezes de forma sutil, outras vezes nem tão sutil assim, como é o caso das cabeças chinesas transformadas em objetos de consumo em um carrinho de supermercado…

Portfólio: songbenxing.com

Portfólio: songbenxing.com

Os Monstros Contemporâneos de Jérôme Meynen

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 15/12/2010 by Adriana Almeida

O belga Jérôme Meynen desenha à nanquim e eventualmente usa o recurso da colagem para pequenos detalhes em sua obra. Pontos, linhas, pontilhados, áreas preenchidas e áreas em branco. Quase todo mundo que já tentou aprender a desenhar passou pelo martírio ou divertimento (vai da índole de cada um…) do trabalho com nanquim quando tudo é expresso em duas únicas cores: o preto e a ausência dele. Portanto, não há nada de novo na técnica de Jérôme. O que impressiona é a riqueza de detalhes e de simbolismos. A maior parte de suas peças é composta de um somatório de cenas interligadas onde cada pequeno pedaço conta uma história por si só, e o todo se torna maior que a soma das partes.

Jérôme já participou de diversas exposições em grupo ou individuais, a maioria na Bélgica, mas seu trabalho já pode ser visto também na Espanha, Estados Unidos e França. Em sua obra, temos uma releitura dos nossos monstros interiores, trazidos à luz do contemporâneo, interligados em cenas complexas como complexos somos nós e tudo isso em obras tão cheias de detalhes que revelam o talento e o comprometimento de seu autor. Sem dúvida, um portfólio a ser conferido e um nome a se ficar de olho.

Portfólio: hellomonsters.wordpress.com

Portfólio: hellomonsters.wordpress.com

A Arte Contundente de Shawn Barber

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22/10/2010 by Adriana Almeida

Nascido em São Franscisco, EUA, o artista plástico Shawn Barber possui uma obra que é contundente, polêmica, erótica e agressiva, e ainda assim, repleta de sutilezas. Seu trabalho é parte de coleções privadas ao redor do mundo inteiro e já foi exibido em inúmeras exposições tanto solo como em grupo em galerias como a Joshua Liner Gallery em NYC/New York, a Billy Shire fine arts em Los Angeles/Califórnia, a The Shooting Gallery em São Francisco/Califórnia, entre vários outros conceituados espaços.

Especialistas em retratos (portraiture), e apesar de trabalhar com várias temáticas, tendo inclusive uma interessantíssima série com bonecas (ver portfólio do artista), sua paixão é a tatuagem, sendo possível encontrá-lo em diversas convenções sobre tattoos. Essa paixão rendeu dois livros de arte, o “Tattooed Portraits” e o “Forever and Ever”, publicados pela 9mm Books.

Shawn ainda encontra tempo de lecionar em diversas escolas através dos Estados Unidos, e depois de anos documentando e pintando tatuagens, ele acrescentou tatuador ao seu currículo. Então quando não está lecionando, viajando ou pintando, pode ser encontrado trabalhando no Memoir Tattoo em Los Angeles…

Portfólio: sdbarber.com

Portfólio: sdbarber.com

Steven Tabbutt e os Arquétipos do Inconsciente Coletivo

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19/10/2010 by Adriana Almeida

O americano Steven Tabbut tem suas ilustrações expostas pelo mundo todo, em cidades como Nova York, Paris, Londres e Tóquio, e possui inclusive exposições regulares na Galeria Yokiko Kawase. Ele já recebeu incontáveis prêmios por seu trabalho que mistura o realismo e o simbólico de maneira sutil e integrada. Entre seus clientes regulares, estão os jornais The New York Times e o The Wall Street Journal.

Retratando personalidades contemporâneas em suas características mais fundamentais ou figuras simbólicas, literalmente arquétipos, em suas personificações em nosso imaginário, sua obra é fluida, repleta de cores vivas que se contrastam com tons pastéis, e mesclando diferentes técnicas para trazer vida às suas imagens. Trata-se de uma viagem ao inconsciente coletivo, mas de uma forma tão natural, que nos conduz quase imperceptivelmente para o fundo de nossas almas.

Portfólio: steventabbutt.com

Portfólio: steventabbutt.com

O Retrô Onírico de Eric White

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/10/2010 by Adriana Almeida

Eric White nasceu em Michigan (EUA) e hoje vive e trabalha em Nova York, mas seu trabalho cruzou as fronteiras e está exposto por todo o mundo. O trabalho de White pode ser visto em incontáveis galerias, incluindo uma conceituada exibição solo no Earl McGrath Gallery em fevereiro 2004,que lhe abriu portas para diversas outras exposições em museus e galerias famosas fora do solo americano.

Dizer que o trabalho de Eric cruzou fronteiras, é quase um trocadilho, pois ver sua obra é quase uma experiência de assistir episódios de Além da Imaginação… é um cruzar fronteiras de realidades, dimensões e épocas.

O foco principal é uma Hollywood dos anos 40, com um “quê” Noir de detetives, por si só bastante apelativa ao imaginário. A técnica é a de emular alterações de foco e exposições fotográficas múltiplas, sobrepondo imagens onde conscientemente elas não deveriam estar, mas no plano do inconsciente, é justamente o local onde elas pertencem. O resultado é algo que ultrapassa o conceito do surreal, lembrando mais a experiência de sonhar, onde elementos desconexos se juntam e trazem um novo sentido para as experiências cotidianas. Trata-se daquelas obras que não são para ser descritas, e sim vistas, e sobretudo, sentidas.

Portfólio: ewhite.com

Portfólio: ewhite.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

Os Estranhos Auto-Retratos de Erina Matsui

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/09/2010 by Adriana Almeida

Famosa por seus auto retratos surreais e provocativos, Erina Matsui é uma artista plástica japonesa ganhadora de diversos prêmios, entre eles o “Fukuzawa Award” Tama Art University e ”Mr.I Prize” Okayama prefecture, e que já participou de várias exposições tanto solo como em grupo.

Sobre seu trabalho, Erina fala que ao pintar auto-retratos, ela se possibilita a auto-observação tanto objetiva quanto subjetiva e diz tirar a inspiração dos elementos do cotidiano, vistos sob seu único ponto de vista que filtra a realidade deixando escoar nas telas o surreal, o inesperado, a surpresa.

A primeira vista, seu trabalho é engraçado, espirituoso e com certeza, diferente. Uma olhada mais atenta nos mostra diversos elementos re-interpretados sob uma óptica que é ao mesmo tempo pessoal e universal, onde os significantes encontram novos significados e nos fala não só de quem é Erina, mas acima de tudo, de quem somos nós.

Portfólio: erinamatsui.com

Portfólio: erinamatsui.com

Livros - Submarino.com.br