Arquivo para ESCULTURAS

Graham Caldwell: Entre o Delicado e o Resistente

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 24/05/2011 by Adriana Almeida

 Esculturas são um caso a parte nas artes: por serem 3D,  por mais surreais ou fantasiosas que sejam, estão conectadas com o real e são a imaginação moldada e manipulada de forma palpável. Por isso, a escolha dos materiais usados parece ser ainda mais relevante que em outras manifestações artísticas, pois a sensação da obra está intimamente ligada a sua matéria prima.

Graham Caldwell é um escultor americano que trabalha com o que há de mais delicado e o mais resistente: vidro e aço. O resultado é intrincado, complexo e prende a nossa atenção. Destaque para suas peças com vidro espelhado, onde o reflexo se torna parte da matéria prima e dos significados que a peça evoca.

Portfólio: grahamcaldwell.com

Portfólio: grahamcaldwell.com

As Incômodas Esculturas de Simon Schubert

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/03/2011 by Adriana Almeida

Simon Schubert é um artista alemão mais conhecido por sua incrível técnica de dobradura em papeis, criando peças incrivelmente complexas em perspectiva, mas suas aspirações artísticas não se encerram por aí.

Com formação em escultura clássica, sua série de esculturas, que bem poderiam ter saído de um filme de terror, são impressionantes, incômodas, e extremamente significativas. Figuras humanas em situações aparentemente corriqueiras, sem frente ou costas, evocando um surreal sensação de continuidade e ambiguidade, causam surpresa, um certo medo e definitivamente, colocam nossa imaginação à trabalhar…

Portfólio: simonschubert.de/

Portfólio: simonschubert.de/

Os Curiosos Troféus Domésticos de Rachel Denny

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/11/2010 by Adriana Almeida

Madeira, lã, restos de tecido, resina, gesso e outros objetos encontrados ao acaso misturados a muita criatividade e surge a série “Troféus Domésticos” (“Domestic Trophies”) da americana Rachel Denny, que já expôs em diversas exibições (em grupo ou solo) e ganhou prêmios por seu trabalho.

Inspirada pelas elegantes e imponentes formas dos animais e pelo potencial de manipulação de materiais de trabalho propositadamente inusitados, Rachel faz esculturas e bustos de animais numa interessante releitura de um objeto que é parte da cultura de várias regiões americanas, em especial no oeste dos desbravadores, que caçavam suas presas e as exibiam orgulhosos empalhadas em formas de troféus. As versões de Rachel, 100% “murder free” (livres de assassinato) e ecologicamente corretas, preserva a natureza viva onde deve estar, e ainda a leva simbolicamente para casa de uma maneira curiosa e diferente.

Portfólio: racheldenny.com

Portfólio: racheldenny.com

As Incríveis Instalações em Papel de Jeff Nishinaka

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 27/08/2010 by Adriana Almeida

Em Los Angeles, Jeff Nishinaka dobra folhas e mais folhas e monta impressionantes esculturas feitas de papel. Especialista nesse tipo de escultura, ele dá uma nova vida à milenar arte do origami. Utilizando-se em especial de papel branco e focos de luz para ressaltar as dobraduras, ele esculpe os mais variados temas: cenas da natureza, anatomia humana, ícones da modernidade… tudo vira instalação nas mãos desse talentoso artista.

Suas maquetes e quadros em 3D com impressionantes jogos de sombra e múltiplas camadas, saltam da parede e saltam aos olhos. O detalhamento é tão sofisticado, que parecem ter sido esculpidas em carrara ou outro material nobre, e não nas cotidianas e pouco valorizadas folhas de papel. Tamanho também não é um problema: suas esculturas variam de mais de 6 metros quadrados até míseras dezenas de centímetros, dependendo do tema escolhido e do uso que a obra pretende, já que além da arte pela arte, suas instalações também são usadas em peças de publicidade, destacando o produto (normalmente moda) a ser vendido como poucos outros cenários. Vale a pena conferir!

Portfólio: jeffnishinaka.com/

Portfólio: jeffnishinaka.com/

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

O hiper-realismo das esculturas de Ron Mueck

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/03/2010 by Bronx1985

Ele é australiano e exerce sua profissão de escultor sob solo inglês, mas suas esculturas são praticamente consideradas patrimônio da humanidade, dado o grau de perfeição que as mesmas possuem quando comparadas com seres humanos de verdade.

Se não bastasse a riqueza de detalhes que são as esculturas de Mueck (hiper-realismo), elas também impressionam pelos tamanhos e proporções que se constituem, chegando algumas a medirem mais de 5 metros de comprimento.

Aclamado em todo o mundo pelo excelentíssimo bom gosto e técnica para esculpir, suas esculturas chegam a custar mais de USD$ 800.000,00 cada, sendo que em 1999, Ron Mueck foi condecorado como Artista Associado da National Gallery, em Londres, uma das mais famosas e prestigiadas galerias de arte do mundo. Não é por menos!!

Mais de Ron Mueck: wikipedia.org/ronmueck

Mais de Ron Mueck: wikipedia.org/ronmueck

Livros - Submarino.com.br

Esculturas de chiclete, por Maurizio Savini

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 06/03/2010 by Bronx1985

A maioria das pessoas nunca pensou em usar chiclete para esculpir.  Isso é uma vergonha, porque ele parece ser um material que é cheio de possibilidades, dadas as suas propriedades dúcteis e a sua grande expressividade, principalmente se as obras forem dedicadas à um público-alvo mais jovem, digamos assim.

É justamente a isto que o artista plástico italiano Maurizio Savini se dedica. Ele produz e divulga suas esculturas feitas com gomas de mascar pela Europa, que agora começam a ganhar notoriedade em continentes americanos, dada a própria invenção do chiclete feita pelos yankees e levada posteriormente ao Velho Mundo pelos soldados na 2ª Guerra Mundial.

Sem preferência alguma por determinados tipos de esculturas, as obras de Savini destacam-se pela pluralidade de representações e, obviamente, pela criatividade do artista na escolha desta tão inusitada matéria prima, prova de que a arte em si não possui barreiras para o transpor da nossa imaginação.

Portfólio: artnet.com/mauriziosavini

Portfólio: artnet.com/mauriziosavini