Arquivo para eclético

Escavando o Próprio Caminho IV – Eric Gerhard

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/04/2011 by Adriana Almeida

Ainda na série de ilustradores buscando o merecido reconhecimento, Eric Gerhard leva o significado de eclético às últimas consequências.  Foi preciso selecionar um numero maior de imagens que os demais da série para tentar cobrir todas as suas facetas e acreditem, o objetivo ficou longe de ser alcançado.

Filho de artista plástica, sua familiaridade com uma das mais tradicionais das artes, a pintura, é impressionante. E embora faça lindas ilustrações, seus painéis chamam a nossa atenção: são grandiosos e extremamente plásticos, e o mais impressionante, feitos nos mais diferentes estilos. De peças decorativas para um quarto infantil à um tributo à Cidade Maravilhosa, poderiam ter sido pintados por uns 5 ou 10 Erics diferentes, e foram feitos por um só…

Portfólio: gerhardarts.blogspot.com

Portfólio: gerhardarts.blogspot.com

Escavando o Próprio Caminho II – Flávio Augusto Ribeiro

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 14/02/2011 by Adriana Almeida

Continuando a série destacando o trabalho de ilustradores nacionais pouco conhecidos, seguimos com Flávio Augusto Ribeiro.

O mineiro de Juiz de Fora, Flávio tem um talento que impressiona. Anos atrás, acompanhei seu trabalho para uma série de livros chamada Crônicas da Sétima Lua, e elas me tiraram o fôlego. Não só eram excepcionalmente lindas, como reproduziam com perfeição a idéia central do livro. No decorrer de alguns anos em que acompanhei seu trabalho para esse e outros livros, foram dezenas de ilustrações, todas acertando exatamente no ponto central.

Seu talento para as imagens relacionadas à literatura fantástica é incontestável, e torna a fantasia em realidade. Mas ele é extremamente eclético. Trabalhando mais recentemente para a revista infantil Recreio, é possível ver em seu portfólio imagens totalmente diferentes dessas que selecionei, e ainda assim, perfeitas na adequação ao conteúdo que retratam, além de ser possível ver em seu blog várias imagens em diferentes estágios de finalização, acompanhando seu processo de produção.

Porfólio: norwoodfisher.blogspot.com

Porfólio: norwoodfisher.blogspot.com

Escavando o Próprio Caminho I – Alexandre Bar

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/02/2011 by Adriana Almeida

Eles têm muita coisa em comum. São brasileiros. São talentosos. São ecléticos. E estão escavando na unha seu caminho para terem sua arte reconhecida e poderem viver do talento que possuem.  Em seus currículos não há exposição em museus famosos. Através do trabalho duro, eles acumulam trabalhos em algumas revistas ou livros, e alguns trabalhos conseguidos no mercado exterior. Nada ainda que os coloque em destaque como desejam e merecem. Mas eles estão lá, batalhando todo dia na prancheta e no photoshop, perseguindo um caminho que aos olhos dos apreciadores de arte, parece fácil, mas é suado como todos os caminhos… Essa série de posts são pagamentos de uma dívida. Ilustradores que conheço e que me impressionam diariamente com seu talento, mas que ainda não possuem reconhecimento condizente com o trabalho que executam. Embora sejam muitos os que se encaixam nesses critérios, irei selecionar apenas alguns, não baseado no talento mas na suas capacidades de se renovarem e se adaptarem para viver de arte, sem perder suas características próprias.

Ilustrar é uma tarefa difícil. É pegar uma idéia alheia e transformá-la em imagem, de forma a respeitar o conteúdo original, mas também superá-lo, colocando um pouco de si no produto final. Diferente do trabalho artístico independente, a partir de idéias pessoais, ilustrar é a arte cooperativa e é uma experiência social. É preciso ser duplamente talentoso, para ser capaz de compreender a arte textual de alguém e transformá-la em iconográfica.

O paulista Alexandre Valença Alves Barbosa, ou Alexandre Bar, é formado em publicidade e propaganda e como “day job” é professor universitário. Mas de fato é Ilustrador, cartunista, chargista e quadrinista. Quem trabalha com ele lhe dá o singelo apelido de Fast & Furious (Rápido e Furioso), já que é impressionante a rapidez com quem finaliza seus trabalhos, sempre no prazo e dentro das especificações, características que valem ouro no mercado da arte comercial. Mas o resultado também é sempre surpreendente, dando vida às palavras e idéias que ilustra com uma invejável clareza e com um traço que é indiscutivelmente, o traço do Bar…

Porftólio: alexandrebarbosa.com e artesdobar.blogspot.com

Porftólio: alexandrebarbosa.com e artesdobar.blogspot.com

Andrey e Lili nos Jardins da Babilônia

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 16/01/2011 by Adriana Almeida

A dupla russa Andrey Yakovlev (fotografia) e Lili Aleeva (direção de arte) possui um portfólio extenso, eclético e impressionante. São fotografias tão tecnicamente perfeitas, com acabamentos variados que evocam diversos sentimentos (de acordo com a proposta inicial), que fica difícil escolher as que poderiam sintetizar o trabalho de Andrey e Lili.

Entretanto, o editorial de moda “Jardins de Babylone” (Jardins da Babilônia), com certeza chama a atenção e se destaca entre os muitos trabalhos da dupla. São peças extremamente coloridas, mas que não agridem os olhos; Claramente fashion, mas sem perder o cunho artístico dos trabalhos anteriores; são mágicas e inocentes, e mesmo assim, não perdem sua natureza contemporânea e sensual. A série parece então conter em si e resumir a natureza eclética e inquieta de seus autores, coisa que até então podia ser atestada pela comparação de seus diversos trabalhos.

Portfólio:  behance.net/AndrewLili & photodom.com/ayakovlev

Portfólio:  behance.net/AndrewLili & photodom.com/ayakovlev

Entre o Clássico e o Conceitual: A Arte de Jaime Jones

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/12/2010 by Adriana Almeida

O ilustrador americano Jaime Jones nasceu no Kansas e é formado pelo Corcoran College of Art and Design de Washington. Tendo feito parte do ArenaNet team e atualmente do Bungie Studios, onde trabalha com a arte conceitual do projeto do jogo “Halo: Reach”, seus clientes anteriores incluem nomes de peso com a Image Comics, a Wizards of the Coast e a BL Publishing.

Apesar de eclético, Jaime faz parte desse grupo de artistas cujo traço é facilmente reconhecido e se destaca entre seus contemporâneos. E seja retratando uma cena de fantasia clássica estampada em um card do famoso jogo de cartas Magic: The Gattering ou em uma cena futurista do igualmente famoso jogo de videogame Halo, suas obras são tão clássicas que poderiam estar em quadros nas paredes das mais famosas galerias ao invés de em mídias pop de rápido consumo contemporâneo, canais escolhidos por esse ilustrador para propagar sua arte.

Portfólio: artpad.org

Portfólio: artpad.org