Arquivo para dança

Luz, Sombra e Ilusão, o Incrível Jogo Fotográfico de Ronnie Boehm

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11/06/2013 by Bronx1985

Austríaco de Viena, Ronnie Boehm é talentoso fotógrafo europeu quando o assunto são imagens tanto em preto e branco quanto coloridas, visto que suas composições trazem sempre um interessante e curioso jogo de luzes e sombras que levam ao expectador um diferenciado jogo de ilusões muitas vezes carregado de mensagens subliminares.

Interessado explicitamente em sempre compor foto ensaios que a cada contemplação nos permitam uma nova visão e diferentes detalhes perceptíveis, fato é que o austríaco é dedicado fotógrafo quando o assunto é a sua sensibilidade para com o momento certo na captação de uma cena composta por inúmeras variáveis.

Com um portfólio on-line tão rico quanto carregado de mensagens indiretas e subliminares, recomendo àqueles que se interessaram pelas obras do cara uma visita ao mesmo, visto que muito mais encontra-se em exposição, além da possibilidade de contato direto com o mesmo.

Portfólio: 500px.com/ronnieboehm

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Ronnie Boehm Photowork

Portfólio: 500px.com/ronnieboehm

A Dança no Ritmo de New York, Fotografias de Jordan Matter

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/07/2011 by Bronx1985

De um lado a reluzente e sonora cidade de New York, EUA, do outro os maiores dançarinos da cidade, ambos tão articulados quanto dispostos a retransmitirem toda a vida e diversidade que é a música contemporânea exercida por profissionais quando em contato com uma cidade tão dinâmica e indiscreta quanto NY.

Sobre intitulação original “Dance Among Us”, o foto ensaio aqui em destaque do fotógrafo norte americano Jordan Matter traduz em imagens o que há de mais conciso, cheio de ritmo e, por vezes, bem humorado na dança enquanto parte integrante da rotina do cidadão moderno de uma grande metrópole, esta última que possui a música como algo intrínseco em sua constituição e desenvolvimento.

Através de uma inteligente técnica de fotografismo de dançarinos modelos em situações pré-ensaiadas que remetem a passos dos mais diferentes estilos dança em lugares rotineiros à classe operária comum, Jordan Matter leva aos observadores toda uma reflexão acerca da importância da música enquanto objeto de, por um lado, ordem e disciplina e, por outro lado, descontração e quebra de rotina. Tudo a fins de valorizarmos o que realmente existe de bom e saudável em nossas vidas que de fato pode agregar valor as mesmas.

Portfólio: jordanmatter.com

Portfólio: jordanmatter.com

Desenhando em Metal: as Instalações de Frank Plant

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/07/2010 by Adriana Almeida

Frank Plant é um americano que vive em Barcelona. Estudou escultura na Universidade de Artes, na Filadélfia e também estudou um ano no “Studio Art Centers International” em Florença, Itália. Trabalhou por um tempo fazendo cenografia teatro e dança, sem deixar de lado seu trabalho como escultor. Por volta de 1993, ele começou a desenvolver seus desenhos em aço: uma técnica inovadora que Frank passou a dominar. Em 1999 mudou-se para Barcelona, onde vive no momento. Seu trabalho pode ser encontrado em coleções públicas e privadas em toda a Europa e América do Norte.

Usando aço soldado e compondo com objetos do cotidiano, Frank monta peças extremamente objetivas e claras, onde delineia formas tridimensionais que são verdadeiras análises sociológicas, mas de uma forma descompromissada e nada pedante. Em seus trabalhos mais recentes, há também o uso de fotografia e pintura, pedaços de madeira, fontes de luz, motores, sensores, e mesmo a produção de som e música como parte integrante de suas esculturas, montando peças cada vez mais interativas.

Suas instalações são provocativas, engajadas, contemporâneas. Mais do que contar uma história, marcam uma posição. Dizem algo de quem a fez, da época em que foram feitas e de quem possui a peça, numa espécie de cartão de visitas artístico que faz uma declaração sócio-política e diz ao mundo a que veio. Compondo peças por vezes peças divertidas e engraçadas, em outras vezes, complexas críticas sociais, Frank é literalmente um artista de seu tempo que ousa brincar com a modernidade.

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Portfólio: hierroglyphic.blogspot.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

A pintura corporal subliminar de Emma Hack

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11/05/2010 by Bronx1985

A arte corporal sempre foi popular e de dar significado de status juntos as tribos indígenas Os participantes de um ritual… eles têm coloridos seus corpos, geralmente com cores brilhantes, a fim de apoiar uma reunião com os espíritos.

Arte corporal sempre foi muito popular, especialmente no início do século 20; tatuagens, body modifications e também afins fazem menção. Nesses anos, em festas, pode ser visto o corpo pintado de uma mulher sem um único cobertor sobre ela.  No início deste milênio, tornou-se parâmetro na moda. arte corporal é um dos tops de arte, como nestas fotos da artista australiana Emma Hack, que a arte do corpo leva ao topo de metamorfose e transformação.

Emma Hack também aplica-se ao fotografismo e o esculpir, com uma técnica minuciosa de pintura , as formas dos modelos vivos difundem-se em uma notória harmonia com o ali em tinta reproduzido, flores, frutas, animais, cenário paralelos e mensagens subliminares relativas fazem  da sensibilidade dos mais dispostos um deleite aos sentidos. Permita-se também ao óbvio.

Portfólio: emmahackartist.com

Portfólio: emmahackartist.com

Livros com Frete Grátis nas compras acima de R$ 39! - Submarino.com.br

A nova História das pinturas de Titus Kaphar

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/04/2010 by Bronx1985

O artista contemporâneo Titus Kaphar pinta óleo sobre tela cópias de retratos americanos e europeus dos séculos XVIII e XIV.

Através de uma técnica única de recortes e colagens das suas próprias pinturas, Kaphar, americano, as configura de forma estratégica para criar um diálogo sobre a raça, a arte e a representação das mesmas junto aos observadores. Como resultado final, sua obra consegue ao mesmo tempo ser dotada de extrema beleza relativizada e trava a dança entre a narrativa ficcional e história.

Em primeira instância e para leigos, as obras de Kaphar podem parecer projetos confusos e sem muito nexo, porém aos observadores com senso estético mais agudo, as mesmas mostram-se críticas modernas ao passado da história humana, pelo fato de serem reinventadas pelo olhar cínico do autor, que tenta-nos mostrar a verdadeira história por detrás dos livros, que trata-se de um conglomerado de fatos contados à nós de forma tão dotada de interesses de uma minoria quanto inserida em preconceitos dos mesmos.

Portfólio: tituskaphar.blogspot.com

Portfólio: tituskaphar.blogspot.com