Arquivo para crianças

A Realidade Mais Chocante Que a Arte, por Gottfried Helnwein

Posted in FOTO ENSAIOS, PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/01/2011 by Adriana Almeida

O austríaco-irlandes Gottfried Helnwein, fotógrafo e pintor, é um nome de peso na arte contemporânea. Seu talento é inegável. Sua disposição de incomodar e chocar para levar ao público sua mensagem é incansável. E sua profundidade, incomensurável.

Sua temática principal é a inocência traída e a condição humana, revelando um ser humano, normalmente crianças para evocar metaforicamente a inocência, que está ferido, não só por fora, mas por dentro. Não se trata de uma apologia a vitimização, mas ao contrário, sua obra é um grito de alerta que nos assombra, choca, clama por um comprometimento.

Artistas que escolhem chocar e incomodar existem em cada esquina. Poucos chocam tanto quanto Gottfried, mas menos ainda possuem tamanha profundidade e clareza. Ele não abraça a polêmica somente pelo gosto em causá-la, mas por ver o mundo moderno como de fato ele é, e nos convidar a mudá-lo, imediatamente.

Portfólio: helnwein.com

Portfólio: helnwein.com

Alicia Martín e sua impressionante instalação com livros

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/04/2010 by Bronx1985

Impressionantes, este é adjetivo que podemos atribuír às instalações urbanas da artista plástica e escultora espanhola Alicia Martín. Seu mais novo projeto, intitulado “Book Installation”, consiste basicamente em uma enxurrada de livros (aproximadamente 5 mil unidades são utilizadas em cada projeto) que desprendede-se de uma janela e, de forma majestosa, segue até o chão.

Com o propósito principal de levar ao público uma representação da importância dos livros e suas leituras em nossas vidas , o trabalho de Martín chama a atenção por onde se instala pela sua grandiosidade e também pela criatividade da artista em trazer para o plano do concreto tamanha criatividade acerca de uma idéia tão inusitada que é seu trabalho.

Perguntaram a Martín se ela tinha alcançado suas metas com este seu novo projeto, a espanhola foi enfática ao responder: _ Sim, as pessoas, principalmente as crianças, deparam-se com a minha obra e ela desperta nelas a curiosidade sobre o mundo da leitura e as maravilhas que ele pode proporcionar à vida das pessoas!

Portfólio: artnet.com/aliciamartin

Portfólio: artnet.com/aliciamartin

O e-lixão imoral em Gana e vizinhos

Posted in VARIEDADES with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20/02/2010 by Bronx1985

O subúrbio de Agbogbloshie na capital de Gana, Acra, nos últimos anos tornou-se uma lixeira a céu aberto para os computadores e os resíduos eletrônicos da Europa e os E.U.A.

Centenas de toneladas de sucatas eletrônicas são despejadas em Gana todos os meses, em uma tentativa ocidental dos países considerados desenvolvidos em descarregar seus estoques cada vez maiores de lixo tóxico. São de 20 a 50 milhões de toneladas de produtos eletrônicos descartados a cada ano, onde 70% destes irão acabar em países pobres, e só na União Européia, 6,6 milhões de latas de lixo eletrônico simplesmente desaparecem a cada ano e seus destinos não são revelados ou permanecem como “indefinidos”.

Cada vez mais este e-lixo é encontrado à sua maneira na África Ocidental, em países como Gana, Nigéria e Costa do Marfim. Os comerciantes simplesmente ignoraram as leis internacionais, rotulando o equipamento de bens de segunda mão ou de doações de caridade, mas, na realidade, mais de 80% dos computadores enviados para o Gana estão quebrados ou obsoletos.

Seu lugar de “descanso final” é Agbogbloshie, despejo onde eles são quebrados, principalmente pelas crianças, para salvar o cobre presente nas placas, os discos rígidos e outros componentes que podem ser vendidos.

A alienação de bens eletrônicos no Ocidente é um assunto caro e deve ser feito de uma forma ambientalmente responsável, no entanto, em lugares como o Gana, não há existem tais regulamentações, o que acarreta o desenfreado despejo destes materiais tóxicos, tais como chumbo berílio, causando danos incalculáveis a saúde humana e ao meio ambiente.

Mais sobre os e-lixões africanos em:

RevistaPlaneta.com.brRNW.nlArede.inf.br G1.com

Mais sobre os e-lixões africanos em:

RevistaPlaneta.com.brRNW.nlArede.inf.br G1.com