Arquivo para condição

Esboços sobre o Enigma da Existência Humana, as Incríveis Instalações de Chris Engman

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 14/03/2012 by Bronx1985

“O Homem, que vem do nada e prestes a desaparecer para o nada. Ele está aqui por um instante e isto, para ele, é tudo que existe. E isto é tudo que existe para nós.” Com estas palavras do próprio artista dou inicio aqui a apresentação destas instalações que realmente podem ser consideradas objetos artísticos reflexivos do próprio homem e sua condição humana de existência limitada.

Norte americano de Seattle, Chris Engman é enfático ao tratar em sua obra a questão principal e fundamental sobre a inexplicável existência humana, a experiência incompreensível do tempo e a natureza e suas variáveis transcendentais. O artista chama a atenção para as nossas percepções equivocadas: o abismo que existe entre a forma como vemos e como pensamos, vemos, como pensamos e como pensamos que pensamos (…)

Mais que palavras e reflexões acerca da interessante, peculiar e estranha, por assim dizer, arte do norte americano, talvez a melhor forma de entender um pouco sobre a real importância da mesma venha de fato através de uma contemplação mais sincera da própria, visto que ela possui  as características primordiais de despertarem a nossa curiosidade e levantarem a indagação sobre o que de fato tratam-se.

Portfólio: chrisengman.com

Portfólio: chrisengman.com

A Simbologia do Anonimato, os Incríveis Retratos de Quentin Arnaud

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 05/12/2011 by Bronx1985

Anonimato: qualidade ou condição do que é anônimo, isto é, sem nome ou assinatura, que deriva do grego ανωνυμία e significa “sem nome”. É dentro desta premissa que o fotógrafo francês Quentin Arnaud a.k.a. Quearn apresenta-nos seu mais novo foto ensaio intitulado originalmente “Shape”.

Através de uma técnica básica, porém muito bem empregada de fotografismo de modelos em condições elaboradas de luzes e ângulos já previamente ensaiados, o francês reproduz a silhueta facial humana de modo a nos contemplar com uma incrível e poética reflexão do ser humano, seu papel no mundo dos dias de hoje e suas responsabilidades em contrapartida com o anonimato subjetivo das relações sociais modernas.

Interessantemente simples por representação, porém extremamente complexos por concepção, os retratos de Quentin Arnaud de fato despertam a curiosidade nos observadores, de modo que eles permitem que de fato nós nos enxerguemos ali, representados em nossas singularidades e intimidades. Porém, dentro tudo o já dito e o vasto portfólio do francês disponível na web, talvez “Shape” seja sua obra prima.

Portfólio: quearn.tumblr.com

Portfólio: quearn.tumblr.com