Arquivo para celular

Peça por peça: as Esculturas de Nathan Sawaya

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 09/08/2010 by Adriana Almeida

Quem é que nunca brincou de LEGO e liberou o escultor que vive dentro de cada um de nós? O artista plástico Nathan Sawaya pegou essa brincadeira e levou a um outro nível, totalmente diferente. Nascido em 1973 nos Estados Unidos, Natan teve seu primeiro contato com LEGO aos 5 anos de idade. Desde sempre talentoso e criativo, ele levou a sério o lema de “exercitar a sua criatividade com LEGO“. Ele conta que aos 10 anos, quando seus pais lhe negaram um desejado cachorro, ele construiu um em tamanho real. Como ele possuia somente as peças básicas na época (e só tinha 10 anos) não saiu lá um primor, mas foi seu companheiro de brincadeiras.

Nathan chegou a se formar em advocacia. Mas quando o site com suas obras em Lego saiu do ar por excesso de visitas, ele  resolveu se dedicar ao Lego, o que faz por prazer ou sob encomenda, para grandes empresas ou clientes individuais. Um dos seus trabalhos mais recentes foi uma réplica de 5 pés de altura (e uma televisão tela plana acoplada) de um Blackberry 9369 feito para divulgação do produto.

Nem todos os seus trabalhos são comerciais. A peça Yellow por exemplo, mostra uma réplica de um humano todo em peças de LEGO amarelas, de peito aberto, por onde outras peças de Lego saem e se espalham.  Nathan transforma os mundanos blocos de LEGO em peças completas, complexas, cheias de significado, abertas a interpretação, e ricas em detalhes… E por isso, tem seu talento reconhecido.

Além dos vários clientes corporativos e individuais, Sawaya expõe seu trabalho em museus. A exposição “The Art of the Brick” foi a primeira grande exposição em um museu americano que teve como únicas peças expostas o uso de blocos de construção LEGO como meio de Arte.Além disso, o trabalho de Nathan faz parte de diversas coleções, incluindo as do “The Strong National Museum of Play” em Nova York, “Bellaire Historic Society and Toy Museum” em Ohio e “The New Orleans Public Library”, uma exposição pública de arte em Nova Orleans, Louisiana. E ele ainda tem muitas peças esperando para serem montadas…

Portfólio: brickartist.com

Portfólio: brickartist.com

Livros - Submarino.com.br

Os caixões com designs mais bizarros já vistos

Posted in VARIEDADES with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 13/04/2010 by Bronx1985

Quando as pessoas morrem, geralmente costuma deixar um testamento como forma de tornarem realidade os seus últimos desejos, que muitas vezes podem ser a partilha dos bens entre a família, a doação de alguma coisa qualquer para outra pessoa, a confissão de um crime ou até mesmo alguns pedidos mais estranhos, como o de deixar uma herança para um animal de estimação.

Mas e se quando no ato de leitura de um testamento de um defunto qualquer, deparar-se com o desejo do mesmo de ser enterrado em um caixão em forma de garrafa de cerveja, de Coca-Cola, estranho não? Mas e se o desejo for de ser enterrado em um caixão em forma de beterraba ou ainda em um em forma de saca-rolhas???

Será isto possível? Sim e existem empresas especializadas na confecção deste absurdos caixões estilizados ao gosto dos mais estranhos ex-clientes (morreram!).

Os mais bizarros seguem abaixo…

Fotos: crazycoffins.co.uk

Fotos:crazycoffins.co.uk

Os 22 mais bizarros objetos encontrados em um raio-X

Posted in VARIEDADES with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/03/2010 by Bronx1985

É comum vermos uma criança no hospital sentindo fortes dores no estômago e, depois de tirado o  devido raio-x, constata-se que a mesma engolira uma moeda, um clip, ou qualquer outro objeto que crianças adoram levar à boca, porém o que você verão abaixo é uma coletânea das piores situações já presenciadas pelos médicos e pacientes (não mais crianças a bastante tempo) quando no ato de uma consulta e posterior análise dos seus respectivos exames de raio-x.

Situações tão constrangedoras e, algumas tão doloridas, que dificilmente tenderão a acontecer novamente, pelo menos com as mesmas pessoas, dadas a estupidez, falta de sorte e vergonha passadas!!

Fotos: internet

Fotos: internet