Arquivo para caveira

Caveiras, Corações e a Vida, as Expressivas Tattoos de Benjamin Laukis

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 23/08/2012 by Bronx1985

Reconhecido com um dos mais talentosos tatuadores em exercício em Melbourne (Austrália), Benjamin Laukis é especialista em tatuagens de essência realista, desenhos ilustrados a lá cartoon e grafias de letras estilizadas.

Sua técnica de pintura é inconfundível por possuir um peculiar traçado regular, além do australiano se utilizar dos melhores materiais disponíveis no mercado (tintas).

Com composições tão ricas em detalhes quanto fieis ao que se destinam a representar, fato é que Benjamin Laukis já foi condecorado com importantes prêmios pela sua arte; destaco aqui os prêmios de melhor retrato colorido e melhor composição em geral, outorgado na Surf Ink Tattoo Expo, na Austrália e os prêmios de melhor tatuagem feminina e masculina, outorgados na Logan Tattoo & Art Expo, também na Austrália.

Portfólio: benjaminlaukis.tumblr.com

Portfólio: benjaminlaukis.tumblr.com

O crítico grafite inverso do brasileiro Alexandre Orion

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/04/2010 by Bronx1985

“Cidades estilhaçadas, estiradas ao longo de ruas vazias nas quais se alinham construções idênticas e onde a paisagem urbana (o deserto) diz: _ Estas ruas são feitas para se dirigir tão rapidamente quanto possível do trabalho para casa e vice-versa.  São ruas para passar, não para viver.”  André Gorz – A Ideologia Social Do Automóvel

É neste contexto e reflexão que se insere o crítico grafite inovador ao inverso do brasileiro Alexandre Orion, seu trabalho (arte) consiste unicamente pela limpeza de estruturas internas de túneis urbanos, Orion, com um pano branco em mãos que faz o papel de jet (pincel) e uma máscara para se proteger da poluída atmosfera presente no interior dos túneis dos grandes centros cosmopolitas brasileiros, vai aos poucos desenhando (representando), uma a uma, caveiras estilizadas no maior “traço  grafite” ao longo da vias subterraneas escolhidas,.

Tudo em alusão e crítica à sujeira e poluição que é o ar das grandes cidades nos dias de hoje, cidades estas de forma precariamente limpas e conservadas, ocasionando uma depreciativa qualidade de vida e até mesmo uma longevidade cruelmente encurtada por problemas respiratórios e psicológicos.

Portfólio: alexandreorion.com

Portfólio: alexandreorion.com