Arquivo para bustos

Os Curiosos Troféus Domésticos de Rachel Denny

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/11/2010 by Adriana Almeida

Madeira, lã, restos de tecido, resina, gesso e outros objetos encontrados ao acaso misturados a muita criatividade e surge a série “Troféus Domésticos” (“Domestic Trophies”) da americana Rachel Denny, que já expôs em diversas exibições (em grupo ou solo) e ganhou prêmios por seu trabalho.

Inspirada pelas elegantes e imponentes formas dos animais e pelo potencial de manipulação de materiais de trabalho propositadamente inusitados, Rachel faz esculturas e bustos de animais numa interessante releitura de um objeto que é parte da cultura de várias regiões americanas, em especial no oeste dos desbravadores, que caçavam suas presas e as exibiam orgulhosos empalhadas em formas de troféus. As versões de Rachel, 100% “murder free” (livres de assassinato) e ecologicamente corretas, preserva a natureza viva onde deve estar, e ainda a leva simbolicamente para casa de uma maneira curiosa e diferente.

Portfólio: racheldenny.com

Portfólio: racheldenny.com

Nick van Woert e sua “estranha” arte sob bustos

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 26/02/2010 by Bronx1985

Detentor de um talento tão notório quanto bizarro, Nick van Woert é um artista plástico de origem norte americana que hoje vive, produz e divulga suas peças sob solo europeu, mais precisamente na Holanda.

O extravagante trabalho de Nick pressupõe a releitura de um busto clássico de moldes gregos à uma visão, digamos assim, menos clássica e mais extravagante. Utilizando os mais diversos tipos de materiais, como gomas de mascar usadas, bolinhas de papel molhadas, resinas coloridas, bases líquidas de acrílico, cimento e embutidos de madeira, dentre muitos outros materiais, a fim de como propósito final, chegar às obras como propostas nas imagens.

O intuito de Nick com as suas obras é o de levar aos observadores, tomando como princípio o busto grego clássico o homem de antigamente, as muitas formas e cores que o homem moderno passou a ter, dadas as multirelações humanas dos dias de hoje, remetendo-nos a reflexão do quanto enriquecedor pode ser a globalização e a mescla de culturas e raças que nos permitimos com o passar dos tempos.

Muito interessante, porém ainda sim bizarro (imoral).

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com

Portfólio: work.fourteensquarefeet.com