Arquivo para artistas

Burning Man Festival, Dançando com o Fogo

Posted in FOTO ENSAIOS, VIDEOBLOG with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 11/03/2013 by Bronx1985

Explicar o Burning Man Festival para alguém que nunca foi ou nunca sequer ouviu falar do mesmo é, talvez, um pouco como tentar explicar com o que uma determinada cor se parece para alguém que é cego. Talvez uma definição sincera, porém extremamente relativa de se tentar definir o festival consista em afirmar que o mesmo é uma reunião de pessoas com o intuito de manter vivas as chamas da vida em seus espíritos em um evento comunitário com muita música, esportes e apresentações de artistas diversos com a temática “fogo” como essência básica.

Realizado anualmente em Black Rock Desert, no estado norte americano de Nevada, o Burning Man talvez hoje seja considerado um dos maiores exponenciais em Arte quando o assunto é a contracultura norte americana, visto que no mesmo sempre se é possível encontrar interessantes e pertinentes citações políticas adversas, peculiares apresentações musicais de gêneros tidos como não pop e instalações artísticas tão alternativas quanto os próprios visitantes que neste festival marcam presença.

Com inúmeras representações acontecendo ao mesmo no Burning Man Festival, destaco aqui agora alguns artistas aleatórios que fazem jus, com as suas respectivas investidas artísticas, ao nome do evento em questão. Visto que no site oficial do mesmo muito mais do festival pode ser conferido, além da data, obviamente, do próximo evento a acontecer.

Portfólio: burningman.com

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Burning Man Fire Dancework

Portfólio: burningman.com

O Poético Acaso de Carolin Reichert

Posted in FOTO ENSAIOS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 15/05/2011 by Adriana Almeida

A designer gráfica e fotógrafa alemã Carolin Reichert revisita o tema mais clichê e batido da história da humanidade: o pôr do sol. Associado ao romantismo e a uma certa melancolia, quase todos os artistas da humanidade já o fotografaram, pintaram, desenharam e compuseram canções a seu respeito, e ainda assim, é sempre uma visão revigorante e capaz de roubar nosso fôlego, ao ser visto pela primeira ou milionésima vez.

Não obstante, Carolin empresta criatividade e uma certa parcela do inesperado em suas interpretações desse fenômeno corriqueiro e natural, o sol a sumir no horizonte. Através de colagens de diferentes fotos e partes da mesma foto com diferentes tratamentos, o resultado é ligeiramente inusitado, mas evoca as mesmas sensações de completude e contentamento que o seu original – uma obra de arte natural – acrescido de vários simbolismos como a passagem do tempo, a repetição e a certeza irrefutável de que mesmo frente ao caos, o sol surge e se põe todos os dias, invariavelmente.

Portfólio: carolinreichert.com

Portfólio: carolinreichert.com

Entre o Clássico e o Conceitual: A Arte de Jaime Jones

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 04/12/2010 by Adriana Almeida

O ilustrador americano Jaime Jones nasceu no Kansas e é formado pelo Corcoran College of Art and Design de Washington. Tendo feito parte do ArenaNet team e atualmente do Bungie Studios, onde trabalha com a arte conceitual do projeto do jogo “Halo: Reach”, seus clientes anteriores incluem nomes de peso com a Image Comics, a Wizards of the Coast e a BL Publishing.

Apesar de eclético, Jaime faz parte desse grupo de artistas cujo traço é facilmente reconhecido e se destaca entre seus contemporâneos. E seja retratando uma cena de fantasia clássica estampada em um card do famoso jogo de cartas Magic: The Gattering ou em uma cena futurista do igualmente famoso jogo de videogame Halo, suas obras são tão clássicas que poderiam estar em quadros nas paredes das mais famosas galerias ao invés de em mídias pop de rápido consumo contemporâneo, canais escolhidos por esse ilustrador para propagar sua arte.

Portfólio: artpad.org

Portfólio: artpad.org

Richard Kilroy e a Moda Revisitada

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 06/11/2010 by Adriana Almeida

Ilustrações de moda costumam seguir um determinado padrão, e salvo honrosas exceções, quem já viu uma, viu todas. Mas vez por outra artistas fogem do senso comum e inovam em todas as áreas, mesmo as mais características. Esse é o caso do artista inglês, nascido em Liverpool, Richard Kilroy. Tendo trabalhado com publicações como a revista V, Gym Class Magazine, Hainswheeler Keko e Djs pomo, Kilroy se concentra na simplicidade e força da forma, indo do minimalismo quase abstrato ao realismo quase fotográfico, mas normalmente, combinando ambos.

Dessa forma, em algum lugar entre o croqui despojado e a arte final saturada de detalhes, o produto final do trabalho de Richard é contemporâneo, diferente, levemente inquietante, e ainda assim, condizente com a cultura fashion que o inspira.

Porfólio: richardkilroy.com

Porfólio: richardkilroy.com