Arquivo para acaso

Espontaneidade e Acaso na Incrível Arte com Fogo de Steven Spazuk

Posted in FOTO ENSAIOS, VIDEOBLOG with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 07/12/2011 by Bronx1985

“Aberto à experiência de busca da forma perfeita que ainda não se materializou e o capturar o imediatismo do momento ao toque da tela”, estas são as palavras do inusitado artista canadense Steven Spazuk ao definir seu movimento de criação da sua incrível e de vanguarda arte com fogo (!)

Composta por uma complexa e muito bem empregada técnica de chamuscagem controlada de papel com o uso de vela, Spazuk depois e aos poucos ou vai pressionando objetos escolhidos de modo que suas formas incrivelmente fiquem inseridas junto àquele papel então queimado ou vai, com o auxílio de espátulas e pinças, desenhando no papel. Os resultados são super representativos e a imaginação cria asas, visto que o talento do canadense permite-lhe criar composições imparmente curiosas e recheadas de detalhes de representação, além das amplas dimensões que suas obras têm.

Basicamente o inverso de um mosaico, a arte com fogo de Steven Spazuk é uma interessante desconstrução de formas e contornos prescritos, uma abordagem eclética de uma compilação de idéias sem precedentes que, assim como a chama de sua vela, o leva para o fortuito acaso do imaginário da criação humana.

Portfólio: spazuk.com

Portfólio: spazuk.com

A Complexa Arte de Stephan Balleux

Posted in PINTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21/12/2010 by Adriana Almeida

Cores, texturas, formas e dimensões. Experiências em 3D e mídias alternativas. Uma descrição pouco pensada ou uma olhada pouco atenta ao trabalho de Stephan Balleux, e poderíamos estar falando de um pintor abstrato ou um artista digital. Mas esse não é Stephan. Ele é o encontro entre o figurativo e o abstrato, o tradicional e o contemporâneo, o novo e o velho em um único indistinto pacote.

As cores se misturam em diferentes direções. Parece uma caótica dança do acaso que por pura gestalt calhou de parecer um retrato. Mas está tudo ali intencionalmente em movimento, revelando significados, derramando sensibilidade, envolvendo o clássico em outra roupagem. A mesma técnica, colocada lado a lado com uma imagem figurativa, dão ao suposto movimento caótico das tintas um aspecto quase místico, em uma experiência que nosso plano físico é quase incapaz de compreender, mas que absorve sentimentos e idéias. Stephan Balleux é complexo demais para ser descrito ou rotulado, sendo uma experiência sensorial que chega a cada um, e dependendo da peça em questão, de uma maneira diferente.

Portfólio: stephan-balleux.com

Portfólio: stephan-balleux.com

Os Curiosos Troféus Domésticos de Rachel Denny

Posted in ESCULTURAS with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 30/11/2010 by Adriana Almeida

Madeira, lã, restos de tecido, resina, gesso e outros objetos encontrados ao acaso misturados a muita criatividade e surge a série “Troféus Domésticos” (“Domestic Trophies”) da americana Rachel Denny, que já expôs em diversas exibições (em grupo ou solo) e ganhou prêmios por seu trabalho.

Inspirada pelas elegantes e imponentes formas dos animais e pelo potencial de manipulação de materiais de trabalho propositadamente inusitados, Rachel faz esculturas e bustos de animais numa interessante releitura de um objeto que é parte da cultura de várias regiões americanas, em especial no oeste dos desbravadores, que caçavam suas presas e as exibiam orgulhosos empalhadas em formas de troféus. As versões de Rachel, 100% “murder free” (livres de assassinato) e ecologicamente corretas, preserva a natureza viva onde deve estar, e ainda a leva simbolicamente para casa de uma maneira curiosa e diferente.

Portfólio: racheldenny.com

Portfólio: racheldenny.com