Vestígios do Homem e Reflexos do Passado, a Intrigante Instalação de Rob Mulholland

Interessado em explorar a relação do homem com o meio que o cerca, sua capacidade nata de adaptação, transformação e absorção das características inerentes a paisagem (natural ou não), o artista inglês Rob Mulholland concebeu a intrigante e instigante instalação aqui em exposição intitulada originalmente por “Vestige”.

Através da criação de moldes de pessoas confeccionados em espelhos refletores e inserção nos meio humano, Mulholland leva-nos a interessante reflexão acerca do quanto o homem se molda ao meio em que vive, este que vir a ser desde a florestas (nossos ancestrais) até a centros urbanos cosmopolitas e tidos como “civilizados” (homem moderno).

Em exposição no David Marshall Visitors Centre (Escócia), Vestige é sucesso de público e crítica justamente por trazer a tona e de uma forma tão interessante quanto diferenciada toda a questão adaptativa do ser humano, adaptação e transformação esta do ser humano que muitas vezes conjumina na destruição do seu meio natural, que cede espaço a conglomerados de prédios e casas, numa rotina frenética de destruição e construção.

Portfólio: robmulholland.co.uk

Portfólio: robmulholland.co.uk

3 Respostas to “Vestígios do Homem e Reflexos do Passado, a Intrigante Instalação de Rob Mulholland”

  1. Olga F. Honea Says:

    An interesting discussion is worth comment. I think that you should write more on this topic, it might not be a taboo subject but generally people are not enough to speak on such topics. To the next. Cheers

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s