Onipotência, Memória e Passado, As Incríveis Esculturas em Miniatura de Thomas Doyle

Minadas nos escombros das memórias do ser humano e esculpidas em escalas que vão de 1 : 43 a menores, as incríveis esculturas do artista plástico norte americano Thomas Doyle são riquíssimas em detalhes e tão muito por isto sensibilizam até aos menos desavisados e desinteressados em Artes Visuais.

Compostas inteligentemente pelos mais diferenciados tipos de materiais, como madeiras, plásticos, bonecos infantis de brinquedo e inúmeros outras coisas, as esculturas em miniatura de Doyle evocam e confrontam sentimentos como o de onipotência, além de possuírem a capacidade visceral de recuperarem a memória daqueles que um dia já se encontraram nas situações criadas em suas composições miniaturizadas.

Momentos frágeis e possíveis sentimentos despertados de desespero e fragilidade a parte, as obras do norte americano são possíveis de serem encontradas nos mais distintos centros de exposição dos EUA, visto que as mesmas, assim com o próprio artista nova iorquino encontram-se em constante exposição em galerias que vão da costa leste a oeste.

Portfólio: thomasdoyle.net

Portfólio: thomasdoyle.net

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s