Dorothea Lange e a Grande Depressão Americana dos Anos 30

Dorothea Lange (Hoboken, 26 de maio de 1895 — 11 de outubro de 1965) foi uma fotógrafa norte americana que ficou famosa pelas suas fotografias em uma época onde a profissão era exercida apenas por homens. Com um olhar tão clínico quanto feminino, suas fotografias representam para a história americana uma época de miséria e segregação humana.

Nos anos 1930, ao serviço da Farm Security Administration (FSA), ela percorreu vinte e dois estados do Sul e Oeste dos Estados Unidos, recolhendo imagens que documentam o impacto da Grande Depressão na vida dos camponeses.

Lange é a autora da fotografia “Mãe Emigrante” (foto abaixo nº 9), de 1936. Trata-se da mais famosa fotografia saída da FSA e uma das mais reproduzidas da história da fotografia, tendo aparecido em mais de dez mil publicações.

2 Respostas to “Dorothea Lange e a Grande Depressão Americana dos Anos 30”

  1. Paulão Fardadão Cheio de Bala Says:

    Eu raramente saio em fotos. Mas as vezes saio em vídeo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s