A Hostilidade Artística do Grafite de Patrick Lee

Interessantemente delineados entre a representatividade de traços faciais hostis aos personagens  e fiel e explícita intenção de transposição de realismo às figuras, os desenhos habilmente feitos tão e unicamente de grafite do norte americano Patrick Lee chamam a atenção quando em exposição não tão somente por tudo que representam de imediato e direto, mas também pela interessante técnica de confecção empregada aos mesmos, técnica esta dotada de talento ímpar por parte do desenhista aqui em exposição.

Reconhecido mundialmente pela crítica especializada como um artista ícone no manuseio do grafite, Lee, dentre muitos outros prêmios, já é detentor de títulos como o do Nikon 2000 Grand Prize Winner e também do Tom of Finland Emerging Artist Award, este em 1995.

Visto que seus desenhos encontram-se em exposições viajantes pelos quatro cantos do globo e também em exposições permanentes pelas mais consagradas galerias de arte contemporânea norte americanas e européias.

Portfólio: ameringer-yohe.com

Portfólio: ameringer-yohe.com

Uma resposta to “A Hostilidade Artística do Grafite de Patrick Lee”

  1. […] A Hostilidade Artística do Grafite de Patrick Lee […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s