A arte imoral de Robert Gligorov

Perguntado à Robert Gligorov qual o sentido da sua arte, ele foi simples e direto na resposta:

_ Minha obra é para chocar o expectador.

Nascido na cidade de Kriva Palanca, Macedônia, porém hoje morando na Itália, o trabalho de Gligorov é considerado, tanto por críticos quanto por observadores, tão imoral quanto genuíno, pois sua essência possui a capacidade de  atormentar a imaginação humana, despertando nela um estado de letargia único e pertinente à crítica do óbvio.

Enfrentando uma sociedade habituada à formas sofisticadas e extremo de comunicação visual, Gligorov amplia o valor do ordinário com seu trabalho, a fim de competir com a avalanche de imagens de nuvens que o nosso campo visual encontra-se mergulhado.

Não recomendado para os mais sensíveis. Altamente recomendado para os menos convencionais.

Portfólio: gligorov.aeroplastics.net

Portfólio: gligorov.aeroplastics.net

9 Respostas to “A arte imoral de Robert Gligorov”

  1. I have noticed you don’t monetize your page, don’t waste your traffic, you
    can earn additional bucks every month because you’ve got high quality
    content. If you want to know how to make extra bucks, search for:
    best adsense alternative Wrastain’s tools

  2. Mas é realmente imoral hein!
    Mais uma vez sou apresentado a um artista muito interessante que nao conhecia. E que pelo visto é uma grande referencia por aqui. Rapido e direto nas imagens e chocante na expressão.

    Raymi

    • plenamente Imoral, porém admito ver em suas obras uma sensibilidade para o não vulgar que confesso não encontrar em alguns outros artistas de obras consideradas brandas, saca?!
      o cara choca pela arte inusitada e, como por você mencionado, rápída e direta, não por um sentimento de desprezo ou repúdio que as mesmas poderiam causar caso fossem projetadas por um qualquer sem talento…

      Abrx Raymi, como sempre seus comments tão pertinentes quanto necessários para este espaço digital!

  3. Só pra completar: na literatura e na arte, a gente discute o sublime no horror, o feio, no aviltante… É isso aí.

    • concordo e de forma plena com a tua perspectiva, arte é o tudo no nada ou o nada que pode significar tudo, é a interpretação colorida do preto e branco, saca?!

      Abraços Fortes,

      Bronx…

  4. Seus links são ótimos! A foto da banana singela eu já conhecia. Gostei muito do trabalho do cara. Abs.

    • confesso à que ti que a obra de Gligorov é uma das minha preferidades em todo o blog, sem mencionar que a considero a cara do Esp. Imoral!!

      obrigadow pelo elogio Mava (volte sempre rsrsrs)

  5. “formas sofisticadas e extremo de comunicação visual”… rsrs mto bom adorei …rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s