Coldplay @ Estádio do Morumbi – SP, 2010

Com abertura das bandas Vanguart, de Mato Grosso do Sul e da banda britânica Bat For Lashes,  a última apresentação, da banda Coldplay, começou com cerca de 18 minutos de atraso.

A banda Bat for Lashes, ficou no palco por cerca de meia hora, preparando aquele que seria uma dos mais contagiantes espetáculos da semana.

Quando subiram ao palco, muitas pessoas na platéia balançavam bexigas com as cores preta, vermelho e branco, em alusão ao aniversário de Chris Martin, que coincidentemente foi no dia do show em São Paulo, dado este fato, uma homenagem havia sido combinada pela internet por fãs, mas o público que lotou grande parte do estádio do Morumbi também ganhou um presente e tanto. Se nas duas turnês anteriores do Coldplay no Brasil o clima era mais intimista, agora o cenário é outro. Em sua terceira passagem pelo Brasil, com a turnê Viva La Vida, o grupo mostrou que seu espetáculo é devidamente coreografado para fazer jus ao status alcançado por eles nos últimos anos. Os números da banda são cada vez mais superlativos e os fãs, mais numerosos. Se em 2003 e em 2007, os ingleses se apresentaram na intimista casa Via Funchal, em São Paulo, em 2010, o estádio do Morumbi e todo seu gigantismo caiu como uma luva para a nova fase da banda inglesa.

Em Politik, Chris debulhou as teclas do piano e mostrou a real força de seus vocais. Então, aproveitou para emendar um “caco” na letra, que enumera desejos genuínos. “Me deem uma final de Copa do Mundo entre Brasil e Inglaterra”, brincou. Em seguida, uma fantástica chuva de papeis coloridos picados em forma de borboletas deu boas-vindas ao hit Lovers in Japan. Depois, o Coldplay ainda tocou o sucesso Death and All His Friends. Aí sim, eles se despediram do público, agradecendo com o famoso “muito obrigado, galera”.

Mas a galera queria é mais. E começou a entoar o refrão de Viva La Vida na esperança de um bis. Deu certo. E assim, Chris surgia no palco, só com seu piano, para destilar toda sua melancolia com a balada The Scientist. E o coro da plateia corria solto no Morumbi, novamente. Para fechar a noite, agora sim, de vez, Life in Technicolor 2. No final do derradeiro bis, um bando de fogos, só para lembrar da grandiosidade da turnê Viva La Vida: o Coldplay de 2010 é sinônimo de espetáculo -e dos grandes.

Ao contrário do que ocorreu no show do Rio de Janeiro no último domingo, no qual choveu durante todo o espetáculo,o céu estava sem nuvens, para maior delírio da galera que aqui fez com que o Coldplay sentisse já tão em casa, a ponto de esta ser a terceira apresentação da banda em terras paulistanas.

Site Oficial: coldplay.com Fã Clube: coldplaying.com

Resenha origianl: Territporio da Música Terra

Site Oficial: coldplay.com Fã Clube: coldplaying.com

Resenha origianl: Territporio da Música Terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s