Vince Neil @ Carioca Club – SP, 2010

A apresentação estava marcada para começar às 19h00, mas as cortinas do palco do Carioca Club só foram abertas 40 minutos mais tarde. Para abrir o show, Vince Neil escolheu “Live Wire”, primeiro ‘single’ lançado pelo Mötley Crüe em 1982.

A banda que acompanhou o vocalista surpreendeu os presentes. Jeff Blando (guitarra, ex-Slaughter), Dana Strum (baixo, Slaughter) e Zoltan Chaney (bateria) executaram os clássicos do Crüe com perfeição e se mostraram ótimos músicos, tanto na técnica quanto no carisma. Strum não parou um instante de brincar com a platéia e a distribuir palhetas. Blando também estava bem animado, mas o destaque mesmo foi o baterista Chaney. Além de socar seu instrumento com toda força, o cara ainda fazia malabarismos enquanto tocava, equilibrando a baqueta com uma mão, ou colocando uma das pernas em cima da bateria. Isso sim que é um baterista participar do show, além de tocar.

Ainda falando da banda, o trio de instrumentistas aproveitou um momento de descanso de Vince Neil para tocar alguns covers. Com Blando assumindo os vocais, o grupo tocou “Whola Lotta Love” e a parte final de “Stairway to Heaven”, do Led Zeppelin, e também a maravilhosa “Heaven and Hell”, do Black Sabbath.

Com Vince Neil de volta ao microfone eles ainda tocaram “Rock and Roll”, também do Led Zeppelin. O repertório do show foi um passeio pela carreira de Vince Neil à frente do Mötley Crüe com clássicos como “Wild Side”, “Don’t Go Away Mad”, “Looks That Kill” e “Dr. Feelgood”, entre outras. Em determinado momento Vince pede ao público que erga o braço direito e feche o punho. Ao fazer o movimento como se acelerasse uma moto, soam nas caixas de som a introdução de “Girls, Girls, Girls”. O público foi à loucura. Só faltaram mesmo as garotas no palco…

Aproximadamente às 21h45 a cortina do palco se fecha e as luzes se acendem, o público não entendeu bem e parecia não querer acreditar que o show já tinha acabado. Mas era isso mesmo. A primeira apresentação de Vince Neil no Brasil durou apenas uma hora, sem direito ao bis.

Resenha original: Território da Música Terra

Site Oficial Vince Neil

Site Oficial Vince Neil

6 Respostas to “Vince Neil @ Carioca Club – SP, 2010”

  1. Marcelo Says:

    Ei Juliana, fica assim nao .. se quiser te mando uns videos.. pra amenizar sua dor..
    Rock on .. Rock hard..

    bJS

    • ahahahahaha aew Marcelo,

      dado o fervor da mina pela banda, acho que você vai é piorar as coisas com o envio do vídeo do show que ela perdeu hehehe

      Abrx fortes,

      Bronx!

  2. Marcelo Mansoldo Says:

    Eu tava la .. depois de longo mes d espera.. foi 10 .. logico q passou rapido e faltaram muitas musicas.. mas era Vince e o cara ta cantando muito.. alem do carisma e empolgaçao !
    To sem voz a 2 dias e isso é o que faz valer a pena.

    Pra completar ainda rolou um aceno e o rodie nos deu um cabide dizendo que era do Vince. Sem contar a parada da van para o ” rapto ” de uma maravilhosa lorinha q batia freneticamente no vidro da van.

    Rock oN ….

  3. Juliana Says:

    Vince Neil no Brasil, tocando as melhores do Crüe, e eu PERDI! Se tem uma banda que eu curto muitooooo, muitoooo, horrores, é o Mötley Crüe, e eu perdi.. estou inconformada.. rsrs
    Ficou muito bem feito o post, como sempre!
    Beijooooos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s